[Relato]Porque quando é um homem, o NÃO, apenas, não basta.

Por Sorine, comentado pelo Barão

Sábado estava com uns amigos num barzinho bem legal aqui na cidade que fica ao lado de uma boate. Estávamos sentados conversando (mulheres e homens) e quando foi ficando tarde o pessoal decidiu entrar na boate.

Eu não estava muito a fim de ir, mas num momento pensei "Boa hora para praticar e observar a Real". Não estava trajado como alguém que iria numa boate. Estava de calça jeans, camisa preta de algodão dessas da Hering, Malwee e meu velho All Star de Metaleiro ...e lá fui eu Fuck Yeah

Chegando lá, ficamos num canto mais pro fundão conversando, o pessoal tomando umas e comecei ver aquilo que sempre discutimso aqui sobre as baladas: destacados pegando as menininhas sem praticamente conversar 5 palavras, betas insistindo quase 40 min, 1 hora, inflando o ego de vadia para no final tomar um "Burn" gigantesco, emasculados com crises de ciuminhos das suas namoradinhas que encaravam os Alphas, etc

E eu lá, como se fosse uma sombra. Perdido com meu olhar observador. Eu parecia estar em outra frequencia das pessoas que estavam ali. Como estava dirigindo, não estava bebendo. Estava apenas na água mineral.

E eu tranquilo no canto com cara de mal, evitando qualquer tipo de confusão e contato físico. De boa. 

Quando num determinado momento, fui para uma área aberta onde o pessoal vai para conversar, fumar, surgem do meu lado duas meninas conversando. Uma mediana e outra sub-mediana bem gordinha. (e olha que elas estavam maquiadas, deviam ser pior do que aquilo que aparentavam :trol)
Percebo que as duas estão me encarando, principalmente a gordinha, e penso: "Taquepariu viu!" 

E de repente a mediana chega pra mim e diz: "Minha amiga te achou bonitinho (cute cute Facepalm) e queria te conhecer melhor".

Eu disse, "E vc? Não quer não?" A mediana vira, "Não, a minha amiga que quer" Eu estiquei a cabeça por cima do ombro dela para ver o "produto" que ela queria me entregar e disse: "Não obrigado!"

Ela vira e simplesmente diz: "Como não? Porque?"
Eu disse: "Ora...porque não...Simples...obrigado!" Fui bem educado com ela.
A mediana insiste "Ora tem que ter um motivo, pq vc não quer?
Eu disse: "Então pq... vc não quer me conhecer melhor hein? 
A mediana vai e diz: "Não estamos falando de mim, estamos falando da minha amiga, pq vc não quer conhecê-la?"

Eu simplesmente ignorei aquilo. Vi que era perda de tempo discutir, e educadamente pedi licença, saí fora do local. Passou um tempo, acabou que fui embora. E durante a volta, dirigindo tava pensado "Que bosta! As mulheres falam não durante a noite inteira, cortam os caras sem dar satisfação sem dizer pq, agora só pq falei não, e não justifiquei, a vadiazinha pirou!
Rage

Mas é por isso que falo, daqui uns dias seremos obrigados, forçados a aceitar certos tipos de escolhas e comportamentos sem poder dizer o bom e velho NÃO.




COMENTÁRIO

É como uma frase q eu li num blog americano uma certa vez:

"Quando a mulher nega algo a um homem, é quarta feira.
Quando o homem nega algo a uma mulher, é o fim do mundo."

Fogo isso... o mais foda é q eu não duvido q mt cara por aí já apanhou ou entrou em treta pq falou não pra alguma submediana/feinha enjoada. 

Acho q até poderia virar alvo de campanha isso: "pelo direito do homem dizer NÃO."

2 comentários:

  1. A gordinha era tão feia assim? Sê podia ter fingido querer, para no futuro pegar a mediana.

    ResponderExcluir