Velhacarias típicas de mulheres rodadas (da antiga MGHB)

Resgatado por Nedless Kane


por Guiomar, o Galego

Todas as pilantras que queriam saber da minha grana vinham com o discursos sobre minhas virtudes. Vejamos o por que disso e de outras velhacarias, comuns a mulheres com experiência:

A humanidade feminina é desinteressante ao homem heterossexual saudável(com menos de 50 anos e de boa saúde física) assim como a humanidade masculina é desinteressante a fêmea(jovens urbanos masculinas vivem solidão forçada, por que possuem somente virtudes), a humanidade por si só é uma concepção andrógena.

Um fato comum entre as divorciadas, mães solteiras e similares, é que elas contém uma gama de experiência que poderia melhorar e muito o relacionamento, contudo AO INVÉS de fazer isso, elas usam a experiência para sofisticar mais ainda as velhacarias, tantas que conheço que qualquer se espantaria.

A primeira velhacaria começa na seleção do homem em si, o primeiro homem dela, com que teve cria, ou não, geralmente é o tipo "indomável", no qual ela tentou dobrar de todas as formas, e artimanhas. De uma maneira sagaz ela irá procurar alguém mais calmo.

A segunda pilantragem é o discurso de maturidade, que demonstra ser falso no decorrer da relação, se fosse verdadeiro, creio que uma maturidade autêntica seria usada para promover o bem-estar que é o que não acontece, como o tipo de homem mais benevolente, procura tranqüilidade, tende a ser presa fácil desse discurso, ainda mais avalizado pelo histórico de relacionamento da mulher em questão.

A terceira pilantragem é a sinalização da capacidade de sexo, quando o homem se mostra paciente em relação ao sexo, amigo, escuta e procura entender ela, mais e mais ela o atormente e o humilha, começa a contar façanhas sexuais com ex e até mesmo amigos, se diz ter a "mente aberta", o centro dessa velhacaria reside na sinalização de capacidade, e na não sinalização de que poderá realizar isto com o seu "homem honesto", extenuando essa tortura até o ponto critico dele ameaçar terminar, e mesmo assim quando o fazem, é de péssima qualidade, o fazem somente para mantê-lo preso.

A quarta pilantragem é cultivação da imagem dependência, se mostram frágeis, e entopem o homem com pedidos de favores fúteis, para se mostrarem frágeis e tolas, para que quando o homem insatisfeito fica na dúvida se esta sendo malvado demais com a pobre garota, ainda mais se tratando de um homem benevolente, tende a cair mais fácil nesse tipo de armadilha. Também é um teste para saber o quanto ele é capaz de ser um provedor/escravo emocional, dificilmente divorcia.

A quinta pilantragem é a comparação indireta com ex-parceiros.

As mulheres tentam manter uma vida sexual ativa com homens que pretendam procriar, quando não mantém é por que querem apenas a companhia do homem quase que como um irmão ou ainda interesses financeiros, para isso que procuram um homem dotado de virtudes humanas, e menos masculinizado .

A seleção destes se dá por conveniência e não por questão de maturidade.
A experiência adquirida em relacionamentos passados poderia ser muito bem usada para se obter uma qualidade de vida de casal melhor, mas ao invés de fazerem isso, se sofisticam ainda mais a arte de trapacear no amor, serão mais impiedosas no vampirismo, e menos vacilantes para adulterar.
Homens carentes e solitários, serão vitimas fáceis destes tipos, por que tendem a acreditar mais na boa-vontade alheia. Homens poderosos, não precisam acreditar em nada, apenas escolhem.

Uma outra característica desse tipo(vamos chamar aqui provisoriamente de mulher em final de carreira ) é que quando encontram o seu alvo, tendem a querer estreitar uma relação "séria", quase que contratual, no inicio, é a representação máxima do abuso.

Existe um diferença entre a mulher convicta desde o inicio sobre os rumos de seus relacionamentos, procurando sempre a qualidade e entre a que busca a satisfação do Ego feminino puramente. A primeira sempre procurou evitar rodar na mão dos imprestáveis. A segundo rodou e se traveste da primeira, para enganar e vampirizar o maior número de homens possíveis.

1 comentários: