Táticas femininas para conseguir guarda-costas (antiga MGHB)

Resgatado por Nedless Kane


por Shamã

Existem táticas sutis femininas (em grupo) que consegui observar, que usam para capturar um "guarda costas", contudo é raro driblarem a insatisfação masculina. Quem sabe eu abra um tópico a respeito quando tiver mais tempo.

Apenas um adiantamento, uma delas muito comuns em escolas, cursos ou outros locais públicos onde o contato é facilitado pelo convívio, elas demonstram uma grande simpatia inicial por um homem que visivelmente é desprezado ou carente, é a forma indireta de convidá-lo a fazer parte do grupo social delas.

A crença instalada nele, é que elas, ou algumas ou somente uma, se interessou sexualmente, ou que são mulheres abertas a sexo fácil e estão interessadas nele, ou ainda por uma questão de auto-estima baixa e solidão, irá crer que estará em companhia agradável com elas.

Uma vez fascinado e envolvido, procurará sempre sair com elas, e sempre será convidado. Contudo nem tudo é um mar de rosas e certos fatos começarão a aparecer.

Ele perceberá que é chamado a estar junto delas, mas não recebe atenção nenhuma quando o faz, também se sentirá entediado, por que elas não focam nenhum assunto, em algo do interesse dele.

Notará que o rapaz não é apresentado a outras amigas fora do circulo social delas, logo se tocará que é desinteressante ao contrário do que pensava no inicio da "enturmação".

Em festas será deixado quase sozinho, ou somente na companhia das muito feias, verá as que ele deseja daquele grupo se agarrando e dando aberturas para outros machos.

Quando demonstra tristeza é consolado com medíocre piedade, que tanto detestamos.

O ápice da farsa é escancarada, (caso ele eleve a auto-estima) quando ele pergunta a si mesmo por que anda a troca de nada. Os que são permanentemente débeis se contentarão com a situação, ficando até depressivos e se sentindo vazios sem entender o por quê. É um processo claro e evidente de vampirismo, visto que ele trabalhou o tempo todo de guarda-costas:

1. Desincentivar a aproximação de outros machos betas com interesse sexual apenas.

2. Ajudando-as a selecionar os mais destemidos que não se incomodam com a presença dele.

3. Acrescer o ego, demonstrando poder magnético social superior aos das rivais.

4. Incentivar outros betas que olham apenas de fora, a fazerem o mesmo, ampliando os itens 2 e 3.

Este tópico foi inspirado em um relato do Renato sobre grupos de mulheres e o falar de outros homens, que me fez refletir sobre fatos do meu passado e de vários amigos que passaram por esta situação.

1 comentários:

  1. Eu vivenciei exatamente essa situação por alguns anos. Para alguns eventos era chamado e tudo como fala o post. Pouca conversa comigo, nenhuma amiga apresentada mesmo quando vinham cumprimentá-las, pegação com estranhos etc. Quando era eu, ao tentar pegá-las, mesmo sendo discreto ou direto, uma tentativa aqui outra outra lá ou insistente de uma vez, nada. Exatamente como no post. Após uns anos notei como a pessoa do post notou, aí gelei-as, retirei todo valor, "aceitava" convites ao me chamarem só para não ir e furar sem avisar. Retirei todo valor, zero mesmo e de uns anos para cá finjo ser amigo mas só existo para elas se for pra deixá-las na mão, evito sempre e desvalorizo ao máximo (ex. perto de outras exalto excessivamente as outras, como se fosse o que elas não são ou sobre pontos que são o fraco delas, assim elas sentem a perda na competição natural pelos elogios em comparações), simples... (Também, hoje as balzacas estão feias, muito abaixo das garotas de 18-23 anos que pego, já eu estou muito bem).

    ResponderExcluir