Mulher exceção (de novo, e de novo, e de novo...)

Dúvida respondida pelo usuário Joker


É muito falado que não existe mulher exeção... que mais cedo ou mais tarde todas vão revelar seu lado obscuro...



etc, etc, etc,...



Mas justamente no começo do Livro o N.A diz que tudo que ele escreve não se aplica as mulheres "sinceras"...



Sincera seria uma mulher que só fala a verdade, que não esconde o jogo, ou mais amplamente seriam aquelas mulheres honradas, trabalhadoras?



Gostaria de um esclarecimento, obrigado.


Resposta:


Vou me estender um pouco, mas como acredito que são poucos os letárgicos aqui no fórum, espero que leiam minhas palavras, não vou compartilhar uma REAL teórica, mas como sempre digo: uma REAL vivida, só falo do que passei e do que testemunhei.


Confrades, minha mãe tem uma simples e sábia frase em relação a mulheres e casamentos:



"Ninguém diz xô pro passarinho antes de colocar na gaiola"



Sim, minha MÃE me disse isso. Como eu já disse em outro tópico, ainda assim a considero uma mulher de bem: casou virgem, criou os filhos antes de preocupar com carreira e trabalho, dedicada ao meu pai e eles mantém um casamento sólido de quase 30 anos.
Mas ainda assim, apesar das inúmeras características louváveis que ela tem, ainda como minha mãe vejo alguns detalhes da obscuridade: reclamações sem fundamentação, as vezes apontar defeitos no meu pai ou no trabalho, fazer tempestade em copo d'água.



Bom, preciso nem dizer que tento sempre ser justo, pondero se procedem as reclamações, mas em muitas das vezes acabo sempre tomando o lado do meu pai, o que a indigna, diz que devia ter uma filha pra entender o lado dela (eu tenho apenas um irmão mais velho, que acaba também entendendo o lado do meu pai).



A realidade é: enquanto a mulher não estiver certeza de que as correntes que te aprisionam estejam muito bem blindadas por "falso amor", chás de buceta e jogos emocionais, ela não vai arriscar colocar o escavo para trabalhar em um campo aberto, sob pena de perdê-lo.



Acredito que na vida algumas situações se camuflem como uma fruta muito bela, ruim e fedida. Você não precisa provar dessa fruta fedido para saber que seu gosto será muito provavelmente ruim, o problema é que a sociedade nos deixou com os narizes entupidos e mostram essa fruta ainda mais "bela" para passar desapercebida.



Nos fazem acreditar no falso amor, e em que, ANTES DE MAIS NADA, as mulheres são princesas, e em assim sendo, devem ser tratadas com todo mimo e exaltação possíveis. O tempo provou ser isso falso.



Hoje tentam nos empurrar goela abaixo de que nem todas são "ruins assim", e aí pergunto: precisa provar a fruta fedida pra saber que ele é ruim?



Nos fazem acreditar desde criança na fantasia mais imbecil de todas: você é alguém especial. PORRA NENHUMA. Você vai sair desse mundo tão desapercebido quando chegou, talvez você faça algo importante, mas ainda assim, cedo ou tarde, você também será esquecido.



Nesse conceito de especial fazem com que as pessoas achem que também precisam encontrar alguém "especial", e que terão algo "especial". Meu amigo, se você acreditar nessa falácia, me desculpe, mas hoje você só será "especial" em um aspecto: no eufemismo, politicamente correto, usado na hora de tratar um retardado.



Não existe mulher exceção, não existe nem mulher especial, nem ninguém especial. NEM VOCÊ é especial ou exceção.



Viva sua vida apenas de forma digna e honrada, cumpra seus deveres, respeite os que merecem seu respeito. Ame quem REALMENTE te ama: seu pai e sua mãe.



Eu sempre quis casar e constituir uma família sólida como a minha foi, porém nos moldes atuais, já considero somente a ideia de contratar uma barriga de aluguel e tentar gerar um varão para perdurar meu nome e meus ensinamentos.

2 comentários:

  1. Não se dê ao trabalho e gasto com uma barriga de aluguel. O mundo já tem gente demais e com os seus ensinamentos, para o seu desespero e frustração, seu filho será homossexual, não q eu tenha algo contra, mas percebo q vc só não é por questão de repressão, pois não tenha dúvida que a revolta q vc tem contra as mulheres, é simplesmente pq vc é homossexual e não quer se aceitar. Para uma mulher ser tratada como uma princesa por um homem, o mesmo tem q ter sido educado por uma rainha para q ele perceba e mereça uma princesa. Infelizmente sua formação familiar te destruiu... Boa sorte!!

    ResponderExcluir