Cria de satanás não tem espelho em casa e decide não trabalhar

Beleza e competência podem ser motivos de discussões em meio a profissionais do sexo feminino, mas a britânica Laura Fernee, 33 anos, decidiu tomar uma atitude radical para não sofrer mais com os assédios e gozações no trabalho: ela decidiu que não terá mais um emprego. Segundo relata o jornal Daily Mail, ela vive atualmente às custas de uma "mesada" dos pais de cerca de 2 mil libras (cerca de R$ 6,2 mil). De acordo com a publicação, ela tem doutorado na área de pesquisas médicas e trabalhava em um laboratório de 2008 a 2011, quando decidiu se demitir por causa do tratamento que estava recebendo.


"Não sou preguiçosa ou burra. A verdade é que minha aparência me causou muitos problemas em relação ao trabalho, então decidi que trabalhar não é para mim no momento. Não é minha culpa, não posso mudar a minha aparência", Laura afirmou ao jornal. Ela relata que homens estavam interessados apenas na sua beleza e ofereciam convites e presentes. Já as mulheres primeiro a taxavam de estúpida, e depois que percebiam sua competência a odiavam ainda mais.



http://economia.terra.com.br/noticias/noticia.aspx?idNoticia=201305201201_TRR_82225976

0 comentários:

Postar um comentário