Comer até quebrar o pau!

Por Pragakham (foi o melhor que consegui arrumar esse texto)

Temos que autenticar a ideia que não existe mulher pura. 

Toda vadia ja nasce induzida por outras, ou pela mãe. Isso acontece na própia familia. Até pai morimbundo,  sujeitinho de merda, fala pra filha: aproveita e arruma um cara cheio do dinheiro, um futuro, mete uma barriga no cara. Se o trouxa cair, já era! 

São exemplos, assim que aprodecem esse ser vadio. 

Se comparar hj, a idade das vadias novas, ficam igual franguinhas, cachorras na rua exibindo o rabo, porque na cara nao tem vergonha, pra conseguir algo. 

Toda mulher hj usa o rabo, pra conseguir algo. A moral direita antiga nao existe mais, em que a mulher ralava, cuidava da familia, etc. 

Ai do trouxa que pensa assim (que exista alguma mulher direita)! 

Hj, o que as mais ou menos fazem é deixar no ar que sao puritana, certinhas, etc. Quando vc esta enforcado, já elas se mostram, abre as asas e ja era! 

Sortudo daquele que arruma uma mais ou menos. Pode levantar a mão pro céu e agradecer! Hj, a própria familia molda uma vadia.

Querendo montar uma familia, acaba promovendo a vadia mais rápido pra vadiagem. Ela testa a bunda como cara, e vê que aquilo ali lhe traz coisas rapidas, e do jeito que ela quer. 

Então ela pensa: quanto mais gostosa eu ficar, com a bunda de fora, mais terei homens idiotas babacas a meu pé!

E cresce; quando não vira puta assumida, vira vadia, corrompendo o mais puro e sincero sentimento, levando ao buraco vários homens abestados.

Hj compara mulheres que entrar pra um convento, uma mulher de familia trabalhadora, essa classse e especie em extinção 

Agora a doença da vadiagem ta solta. 

Então como sou uma máquina de sexo: quero comer até quebrar o pau!

1 comentários:

  1. Nos dias de hoje, o pai se torna cafetão e a mãe... cafetina particulares da própria filha.

    ResponderExcluir