Um pouco mais sobre os rituais de iniciação

por Shamã

Vamos esclarecer mais um pouco a idéia:

Em tribos antigas, ou costumes orientais, sempre houve rituais de entrada do homem na puberdade, alguns são de teor sexual ou não, mas sempre há dos mais variados tipos, dentre os mais simples temos por exemplo jogos e desafios, em que o rapaz, será oficialmente homem dali em diante. Em tribos indígenas o rapaz será orientado pelo pai, como caçar, se virar. Em outras tribos quando o rapaz passa por determinadas provar ele terá direito a escolher sua fêmea para acasalar e fazer par com ela. Existe um acompanhamento, seja do pai, de pajés, de mestres ou algum tipo de autoridade, dedicada exclusivamente a formar homens.

Também é ensinado desde cedo, códigos morais e éticos, para que o individuo masculino, não vire um degenerado ou um elemento sociopativo dentro daquela sociedade, as suas energias masculinas são canalizadas para atividades que o desenvolva como homem, para exercer o papel de homem naquela sociedade.

A sociedade moderna.
Não existe praticamente nenhuma instituição dedica a formar homens, a mais digna que encontramos atualmente é apenas o nobre exército, que tem resistido desesperadamente e duramente a infiltração dos elementos comunistas/feministas.
O adolescente (um estereotipo andrógeno/homossexual estúpido, na verdade temos homens ou mulheres em desenvolvimento), não recebe quase ou nenhuma orientação dos pais modernos em virtudes de certos tabus instalados.
Para degradar essa situação criou-se a idéia de que a escola, revistas, sexólogos são a orientação adequada, como se homem fosse dar um bom sexo decorando os nomes dos órgãos genitais e centenas de nomes de doenças.

O desenvolvimento sexual do homem é reduzido a meras instruções sobre prevenção de doenças e uso de camisinha (pior que nunca aprendi isso na escola, aprendi a enrolar a camisinha vendo as GP's fazendo isso para mim).
A paixão e a lida com mulheres, é aprendida (idealizada na verdade, porque não corresponde a realidade), com filmes, revistas, novelas, seriados, ou com outros amigos de mesma idade igualmente inexperientes.

A nossa geração esta perdida.
Considerando o número de "convertidos", devemos aceitar como fato, que nunca abriremos os olhos de uma grande maioria, contudo nem tudo esta perdido.

Creio que se ensinarmos aos nossos filhos homens, consequentemente eles sairão, mais exitosos nas estratégias reprodutivas que os outros não iniciados, sendo assim, as idéias aqui transmitidas seriam reproduzidas na base do exemplo.

0 comentários:

Postar um comentário