Para Os que Acham Que Mulher Dá Valor à Honra e à Dignidade (comendo religiosas)

Por Francisco Pinheiro

Hoje pela manhã postei algo sobre a exploração sexual das fraquezas sexuais dos homens pelas mulheres e a distorção da mídia feminista sobre o tema, sempre usando o vitimismo. 

Fui, por alguns, questionado sobre o valor da honra e da dignidade da mulher. Citei outra mulher, Esther Vilar, como resposta. Agorinha à tarde, quando entreo na lista provada do Rafael Correia, comunidade da qual eu mesmo sou membro desde que comprei os materiais dele em 2005, achei essa pérola que é apenas uma das muitas que existem lá. 

Conta as aventuras de um estudante de PU aluno do Rafael, que comeu uma Testemunha de Jeová. Atenção aqui, conheço muito bem as Testemunhas de Jeová ,minha irmã foi Testemunha a vida toda e eu conheço a boa índole dessas pessoas. Como em tudo na vida, existem os maus praticantes.

O cara aqui em baixo relata a vadiagem da mulher, que traiu o marido no momento de maior fraqueza dele, a quase falência de seu negócio, hora exata em que ela deveria estar dando toda a força e apoio moral, o que a vagabunda faz ?? trai o marido com o cafageste. 

Se alguém aqui ainda acha que 90% das mulheres tem alguma princípio moral, melhor se agarrar na mesa antes de ler o pequeno relato a seguir. 

"Cara! pegar mulher de religiões que pregam isso ou aquilo é uma delicia.
>
> Outro dia em uma cidadezinha do interior, fiu convidado para jantar em
> restaurante badalado que acabara de inaugurar.
>
> Ao chegar no local fui apresentado a uma conhecida de minha irmã com um
> alerta. Essa é Sandra casada com fulano e são da igreja testemulhas de
> Jeová. Pensei comigo, essa menina menina tem cara de quem gosta de querar as
> regras.
>
> Continuamos conversando e logo me confidenciou, a situação em casa não
> estava boa pois, os negocios de seu marido não estavam muito bem
> (falido). Detalhe, ela tinha um filho com 16 anos e um bebê de pouco mais de
> um ano. Percebendo sua carencia, convidei-a para nos conhecermos melhor, ela
> sorrindo disse: Vou até em casa deixar minha filha com a babá e vc me
> encontra na rua perto de casa. Nos encontramos, fomos para a minha casa,
> tivemos uma noite maravilhosa que se repetiram outras vezes.
>
> Outra situação ocorreu no verão com outra testemunha de Jeová, essa é
> solteira sem filhos e com uma particularidade, havia sido estuprada dois
> anos antes de conhecê-la.
>
> Bem a historia começa ela tentando me convencer de que para eu transar com
> ela, teria que casar e entrar para a sua religião, pois só é permitido se
> envolver com pessoas da mesma religião.
>
> Sem muito esforço consegui leva-la para a cama.
>
> Galera, o que eu quero dizer é que não existe mulher dificil, religiosa, que
> não possa viver uma aventura, basta vc saber como chegar, mulher é que nem
> jornal, vc tem que ir lendo seu pensamentos e atitudes que vc consegue com
> certeza.
>
> Tenho muita facilidade de transar com mulher casada.
>
> Um abraço a todos"

0 comentários:

Postar um comentário