Confie apenas na sua intuição

Excelente relato do confrade Comediante. Recomendo fortemente a leitura de todos.

Arrumei uma namorada de 16 aninhos, uma morena clara linda, que foi aprovada por TODOS. Desde a minha vó que detecta vadias com uma precisão incrível até meus amigos mais sinceros. E inclusive os amigos da guria sempre a elogiaram como de uma índole incrível. Na verdade ela foi a minha primeira namorada pós-real

NUNCA confie no julgamento de ninguém, mesmo que seja de diversas pessoas. Se a tua intuição apitar, abra o olho!

No começo lutei, batalhei internamente mas depois de um tempo acabei me apaixonando Mas não foi nada desesperador que me fizesse tanto mal, e eu sempre ia monitorando-a com uma técnica que serve inclusive para o desapego: anotar todas as mancadas, todos os sinais de vadiagem e tentativa de joguinhos emocionais, anotar TUDO, porque assim você não esquece e hora ou outra vai perceber que tá entrando numa cilada quando avaliar os dados

Pois bem, fui fazendo isso e quando eu vi que a lista tava enchendo com coisas do tipo:

• Carona com o chefe
• Relacionamento oculto no facebook
• Não era virgem
• Criada sem pai
• Me aceitou como namorado quando eu disse todas as canalhices que tinha feito no passado com minhas ex (eu contei esperando ser dispensado )
• Mãe vadia
• Irmã vadia e drogada
• Mente constantemente a terceiros

Essa lista é bem mais extensa... Mas pois bem, isso foi tudo em apenas 2 meses de namoro
Então um dia o guerreiro da real que estava adormecido em mim ressurgiu, eu olhei pra lista e pensei: "Eu tô ficando maluco? Como eu não percebi ainda que isso é encrenca? Caralho, eu mereço ser atravessado por um trem bala, puta que pariu"


Na verdade eu atribuo meu desleixo ao fato de estar mais preocupado com outros setores da vida, principalmente o profissional. Então meio que não me atentei ao relacionamento e deixei rolar. Puta vacilo.
Mas não esperei muito, na primeira oportunidade terminei com ela. Assim, na lata, sem drama. Mas não deu outra, ela chorou, ameaçou se matar, disse que queria engravidar de mim, disse que ia vir no meu apê, pediu pros amigos falarem comigo, mas eu não arredei o pé!

Me sentia completamente desapegado e feliz por ter terminado tudo, mas aí veio a pancada... Em 1 semana de término ela postou foto agarrada com um "amigo" em um parque de diversões, e no outro dia com outro "amigo" em um shopping. 
Mano, fazia tempo que eu não me sentia tão mal, e eu percebi que vacilei muito. Esperava mais de mim no meu primeiro relacionamento pós real.

Temos que manter a guarda sempre levantada e os olhos bem abertos porque o inimigo é sorrateiro. Guerreiros, não sintam-se autoconfiantes em demasia, pois podem sucumbir como aconteceu comigo!

Pois bem, mas já passou (a custo de muito ferro puxado e muita matéria estudada rsrs) e a lição principal que eu quero deixar pra vocês é que por mais que, EM QUALQUER SITUAÇÃO, as pessoas achem, pensem e tentem te aconselhar sobre algo - e isso pode ser uma mulher, um negócio, um emprego, um curso, qualquer caralho - você deve confiar primeiramente em você, em sua intuição, em seu julgamento. Todas as respostas estão dentro de você

FORÇA E HONRA!
"A maior alegria que um homem pode ter é conquistar seus inimigos e persegui-los. Montar seus cavalos e tomar suas posses, ver o rosto de seus entes queridos cobertos de lágrimas e apertar nos braços suas mulheres e suas filhas."

(Gêngis Khan)

2 comentários:

  1. Também acredito nesse negócio de confiar nos nossos instintos masculinos.. Se os seu instinto apita dizendo que aquela mulher é uma vadia.. entao confie nele! tem 99,9999% dele estar certo, é como se fosse um aviso de perigo dizendo que a vagabunda vai foder com a sua vida, mas tem homens que ignoram isso e se deixam levar pelo o emocional, e acabam se envolvendo, ae ja era!

    ResponderExcluir
  2. To começando acreditar neste 6º sentido.

    ResponderExcluir