Como aperfeiçoar o desapego


Dúvida do novato lazaro albergaria, respondida pelo Comediante:


Olá confrades, gostaria de expor uma situação que provavelmente aconteceu com a maioria de nós que esta aqui. Um belo dia, você simplesmente se apaixona, todos nós sabemos o que vem depois, você a endeusa, coloca em um pedestal, acha que é melhor do que você, tenta se aproximar como amigo... E em 90% dos casos, se FOD3..
Sim, você se da mal, ao se declarar você é surpreendido com coisas do tipo "Nossa, você é perfeito, eu não entendo o porque de não gostar de você" "Você é um fofo, mas agnt não manda no coração, desculpa" (Na hora do anal giratório pro cafa você manda no coração né vadia) Enfim, quando você se encontra nessa situação você tem um número finito de opções, mandar ela se fuder e tentar pegar outra, ou o que os manginas fazem, você pensa "Ahhh eu vou continuar sendo o amigo dela, ouvindo ela todo dia, e estando sempre disponível, por que um dia, ela vai reconhecer o meu valor". Até aqui, esse texto esta cheio de clichês, porém você esquece de citar o apego... Ao ser recusado por ela, seu ego é ferido, e vc, passa a desejá-la ainda mais, além disso você passa a cultivar um sentimento de rancor, a verdade é que a maioria dos "Manginas Apaixonados" sossegaria o facho se pudesse traçar a menina que é foco da sua paixão...
_____
Porém oque eu gostaria de citar aqui, é o apego enorme que existe por parte de quem esta nessa situação, ele já foi recusado, já foi pisado, e é maltratado todos os dias, porém continua nessa situação na esperança de que um dia ela passe a te enxerga com outros olhos... É confrades, é a esperança que mantem os manginas nos pés dessas vadias todos os dias. É eles acharem que um dia passaram a ser enxergados com outros olhos que os faz se submeterem a situações tão humilhantes, além disso vem o forte apego... Vocês já perceberam que nessas situações sempre que ela comete um erro é prontamente perdoada, e ele tem que pedir desculpas inúmeras vezes quando a situação é inversa? No fundo ele sabe que se tentar ter o mínimo de orgulho próprio a vadia ira descartá-lo como lixo, enquanto ela pode agir como bem entender...
__________________
Gostaria de esclarecer que apesar de conhecer a real, eu infelizmente continuo sendo um mangina, melhorei muito com as leituras, diminui a inflação de ego das vadias, mas infelizmente estou acorrentado a mesma "menina" a quase onze meses... No decorrer do tópico gostaria de citar algumas situações que ocorrem etc..

O texto são reflexões minhas que fiz em base nas leituras e experiencias que tive com a minha "bruxa madrinha"


Resposta:


Primeiro: Fique longe dela. O mais longe possível. 


"Mas ah, comediante, eu estudo/trabalho/moro vizinho a ela"

Foda-se, dê seu jeito. Se preciso for arrume algum motivo para briga ou se seu caráter não permite isso simplesmente desapareça, não responda ligações... Ela vai continuar insistindo por um tempo, mas depois vai cansar.


Segundo: RESISTA!


Tu pensa o que maluco? Que ela vai te deixar ir embora tão facilmente? Ela te quer gracejando-a e humilhando-se por ela. Ela quer alguém para inflar o ego dela e você não vai embora tão fácil não... 
Ela vai te ligar, vai te dar UM PINGO de esperança para que você se iluda e corra atrás dela
Quando tu pensar que superou-a, vai receber inesperadamente numa tarde de quarta-feira uma mensagem: "Tô com saudades de você lazaro s2s2s2"
E aí tu e teu pinto miguxo vão ficar todos animadinhos com a possibilidade de tê-la


Terceiro: Direcione o apego


Se você conseguiu a parte mais difícil, que é cortar o contato com ela, então agora você tá sofrendo por não saber nada dela, querer estar juntinho agarrados assistindo um filme enquanto ela troca sms com o RICARDÃO, mas você tem que ocupar sua mente.
Cara, vai estudar pra um concurso fodão, pro vestibular, se dedica na sua faculdade, adianta matéria, procura um emprego, faz horas extras, monta um quebra cabeça de 10.000 peças, vai capinar um lote, toma uma skol geladona na orla de noite, vai prum puteiro, pega um cinema sozinho mermo (um filme de macho, porra), vai na biblioteca e aluga uns 6 livros, baixa uma série legal, leia, leia, leia muito, assista alguns filmes legais, leia mais ainda, bota tua melhor roupa (aquela que tu se sente o brad pitt) e vai dar um rolê no shopping que tua autoestima vai bater no céu, vai ajudar teu pai com algum trabalho ou serviço, dá uma geral na tua casa (conserta as coisas, arruma, pinta, sei lá), vai pra academia todo dia passar umas 2h levantando toneladas de peso, vai ler uns livros porra, faz uma viagem se tiver condições, arruma outras pepecas pra comer, organiza um churrasco bem foda, vai num stand de tiros procurar aprender a ser homem, faz uma arte marcial... Ou vai chorar vendo o pôr do sol


Quarto: A caderneta


Compre uma cadernetinha de bolso e comece a anotar TUDO no que ela é ruim, tudo nela que for defeituoso, tudo nela que for desvirtuoso, tudo nela que não te agrade... E cada vez que ela fizer uma coisa que você não goste ou não gostou, anote também... Faça isso o mais rápido possível para não esquecer nada.
Quando estamos apaixonados tendemos a ver apenas as qualidades e perfeições, todos os defeitos são esquecidos. A caderneta serve para mostrar que ela não é perfeita, que é só mais uma cheia de defeitos.
Tu vai anotar TUDO, maluco, tudo mesmo.
Não tenha medo de ser cruel

"•Ela soltou um pum
•Ligou para o robertinho, acho que marcou um anal giratório
•Já fez dupla penetração
•Tem um dente podre lá atrás na boca dela
•Quando ela menstrua eu sinto um odor nojento subindo"

Ah, acho que é isso

FORÇA E HONRA!

0 comentários:

Postar um comentário