Carência sexual, uma verdadeira bosta

Sem muitas delongas, sujeito carente está na merda. Se sua vida sexual é uma merda, sua vida inteira é uma merda; suas amizades são uma merda; seu trabalho é uma merda; enfim, se você não pega uma cocota pelo menos a cada três dias, tu está muito mal!


E, ao contrário do que muitos pensam, não é possível compensar carência sexual. Não adianta se tornar um workaholic, trabalhando dia e noite; não adianta inventar mil formas de se divertir; não adianta encher a cara de cachaça, ou se enfiar nas drogas; não adianta nada!

Homens carentes tendem a romantizar o sexo. Esse é o maior erro de todos. Não há nada de divino em meter o pau em uma mulher. Não há nada de religioso, nem de especial em morder tetas. Sexo é apenas sexo: é quente, é melado, é gostoso, é violento, e faz sua mente apagar e esquecer de tudo por algum tempo. 

Também não há nada de técnico em transar. Não existe receita, nem formas mirabolantes de se fazer um bom sexo; não há preparações inúteis. É só pôr e tirar, pôr e tirar, com força e uma dose de sadismo (para provocar alguma dor nela; elas adoram sentir dor durante o sexo) até ficar todo esfolado, até sair toda a porra, até ela dizer chega! Apenas isso! 

Mas, para o homem carente, sexo é algo misterioso, o corpo da mulher é alguma espécie de ser espiritual diferente dele, um objeto de adoração. Uma visão totalmente falsa, ingênua e altamente perigosa. Perigosa por um motivo básico: ela pode conduzir o homem à armadilha do apaixonamento.


A carência sexual faz o homem supervalorizar pequenos gestos, recompensando excessivamente pequenas manifestações de afeto da mulher. Muitas vezes, o carente recompensa a mulher até mesmo quando ela não faz nada, o que revela toda a sua carência sexual, sua dependência da mulher e seu baixo valor. Homens carentes são alvos fáceis de mulheres vagabundas, interesseiras e mães solteiras.

As mulheres sentem cheiro de homens carentes a quilômetros. Não adianta você tentar emular comportamento cafajeste, simular que pega muita mulher, porque isso não adianta! Sua carência sexual está estampada no seu rosto. E a sua carência afasta ainda mais as mulheres, o que aumenta ainda mais a sua carência. É a teoria do círculo vicioso em ação.

Homens carentes não conseguem relaxar. A tensão sexual atrapalha muito. Como não conseguem relaxar, seu espírito criativo e sua motivação são sugados pela tensão criada. Homens carentes podem se tornar irritadiços, brigando com todo mundo; podem polarizar em suas opiniões, e podem ser engolidos por movimentos políticos vitimistas; e não possuem motivação para crescer e vencer na vida.

Contrário à crença, masturbação não é capaz de aliviar carência sexual. No máximo, alivia a tensão por um pequeno intervalo de tempo, o que pode tornar o cara viciado em masturbação. Mas nem de longe a masturbação faz o mesmo efeito de uma foda bem feita.

Da mesma forma, alternativas de lazer, diversão, etc. não compensam a carência. Não pense que sair com os amigos, ou se envolver em novas atividades, poderá resolver essa carência. Não resolve!

Sendo assim, a única forma de se resolver esse problema é FAZENDO SEXO! Solução meio óbvia, mas parece que muito cara não se toca para isso, e fica recorrendo a artifícios inúteis.

Para alguém que tem muito destaque, e que tem acesso a muitas gostosas, é fácil dizer isso. Mas, e para os outros, que não têm tanto acesso assim?

Se você é um beta para baixo (faça o teste para saber qual é o seu valor sexual), pode ir se virando com as feiosas que vão aparecendo, até que apareça alguma melhorzinha. Se você parar de ficar olhando para as gostosas, vai reparar que sempre tem uma feiosinha disposta a te dar.

Se surgir alguma mina decente que se possa namorar (o que, hoje, é praticamente impossível, tamanho o nível de promiscuidade da mulher moderna), namore e aproveite enquanto ela estiver te dando sexo bom e farto. Se ela começar com frescuras e racionar sexo, é hora de pular fora e buscar outra. Mulheres que não dão sexo, ou dão, mas de péssima qualidade, são inúteis para relacionamento.

Em últimos casos, contrate prostitutas! Ou tente engrenar um esquema tipo o PAC-B com desconhecidas, que pode funcionar muito bem.

O que não dá é você continuar aí, depressivo, triste, carente, pensando em como a sua vida é ruim. Então, levante dessa cadeira e mãos à obra! Faça sexo!

10 comentários:

  1. Muito bom, cada texto que leio, noto que há um dom de escritor em cada confrade.
    O homem não pode ficar abstinente. Além de inútil é perigoso...
    Essa energia sexual é muito forte no homem e nem religião segura.
    O homem moderno tem de parar de vincular o sexo ao pecado, ao erro, à paixão, à religião, etc.

    ResponderExcluir
  2. A cada hora eu gosto mais desse blog

    ResponderExcluir
  3. Rubens - Interior de SP: Poxa, eu li o texto e me identifiquei com tudo, pois tenho 37 anos e posso já ter me relacionado sexualmente com mulheres no máximo umas 15 vezes até hoje, todas com prostitutas e, a ultima delas, já faz uns dois anos. Há momentos em que a carência é tanta que eu sinto uma vontade profunda de acabar com a minha vida, pois ninguém me entende e todos ficam me dizendo a mesma coisa, ou seja, para eu buscar compensação em outras coisas porque a vida oferece outras coisas de bom. Quero morrer com isso e fico pior ainda... É uma desgraça viver assim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é amigo, passo pela mesma coisa, a diferença é que tenho 19.

      Excluir
  4. Valeu o texto. Me ajudou muito.

    ResponderExcluir
  5. Tem que ser muito idiota para escrever tanta besteira em um testo só. Isso é o cúmulo da babaquice.

    ResponderExcluir
  6. Tem que ser muito idiota para escrever tanta besteira em um testo só. Isso é o cúmulo da babaquice.

    ResponderExcluir
  7. Porra, só li verdades!!!! Kkkkkkk

    ResponderExcluir
  8. Seu machista de merda. Volta pra escola e completa seu Ensino Fundamental antes de sair dizendo babozeiras para os outros. Inútil!

    ResponderExcluir