Nota de repúdio às mulheres rodadas e mães solteiras

O desrespeito que a mulher atual tem pelo homem comum não tem limites. A cada dia, elas fazem questão de jogar na nossa cara que não passamos de lixo, e que somos obrigados a nos contentar com restos, assim como o urubu é obrigado a se contentar com carniça.

Elas querem ter o direito de errar bastante, fuder bastante com desconhecidos, agir da forma mais irresponsável possível, e, depois, obrigar um otário a assumir todas as consequências ruins de suas atitudes, como se fosse da responsabilidade dos homens, e não delas, cada uma de suas péssimas escolhas.

Uma senhora postou o seguinte texto na internet, o qual eu faço questão de não postar o link (se alguém postar nos comentários, será deletado). Fica apenas a título de ilustração, para que mais e mais homens passem a rejeitar mulheres mais rodadas que pneu de fusca.



Eis a pérola.








========================================================================


Estou com 33 anos e já há uns bons cinco mudei completamente meu gosto pra homem. Antes eu gostava de homem bonito, gostoso, sarado, com braços firmes, voz grossa, inteligente, bem-sucedido, engraçado, com sobrancelha de muçulmano, nariz de francês, queixo de grego,
autoironia de judeu, visão de negócios de libanês e essa coisa toda que toda mulher aprecia.


Agora eu continuo gostando de tudo isso, mas uma pergunta passou a vir antes da histérica e improvável fila de exigências: ele vai me largar quando eu estiver cheia de azia e gases, esperando a pequena ////// completar seis meses de gestação? Ele vai acordar três da manhã pra segurar a testa do pequenino /////// quando ele passar da conta no pão de queijo da festinha do jardim 3? Quando vejo que um homem não sorri minimamente pra menininha de 2 anos que acabou de entrar destrambelhadamente no restaurante com um vestido de bolhinhas, ele vira no mesmo instante um comunicado da inteligência americana que se autodestrói em cinco segundos.


Ou você é um excelente pai em potencial para meu filho em potencial (e sabe que o longínquo futuro pra discutirmos esse assunto é pra daqui a dois anos) ou dá meia-volta e nem tenta beijar minha orelha. Minhas zonas erógenas estão todas adormecidas pelo desejo avassalador de emprenhar. A natureza me tirou violentamente das festas libidinosas e me colocou de frente para a vitrine de uma loja de roupinhas pra recém-nascidos, com os olhos cheios de lágrima.


Depois dos 30, pouco importa o que meu namorado sabe fazer com a língua, os dedos e o molejo da bacia. Quero ver é a sua desenvoltura pra trazer carrinho, berço, roupinhas e brinquedos de Miami, pra fazer a febre do pequeno rebento escandaloso baixar e pra limpar cocô mole sem entortar o canto da boca.


Antes que o pretendente do mês saia correndo de medo, pergunto: nessa altura da vida, você ainda tem saco pra se preocupar com lista VIP de festa? Ainda tem saco pra a­tu­rar as amigas da sua namoradinha que combinam carnaval irado na praia e cheiram lança? Isso não lhe parece muito mais insuportável do que uma boa moça querendo passar adiante os seus maravilhosos genes? Tá na hora de investir num bom sofá, num bom plano de saúde familiar e numa boa companheira de vida.



Respire. Não precisa ter medo do relógio biológico de uma mulher. Um filho (ou dois, se tudo der certo!) é a melhor coisa que pode acontecer na sua vida. E lembre-se de que, se sua mãe não tivesse abraçado esse sonho, hoje você não passaria de um pó de estrela capado. Viva a maternidade!


========================================================================






Puta que pariu! PUTA QUE PARIU! Agora, a análise do Sr. X sobre esse texto nojento, escrito por uma senhora ainda mais nojenta, rodada e mãe solteira:










Quando seu corpo ainda estava inteiro, seus seios ainda eram duros e você ainda não exalava esse cheiro de corpo doente e velho, você dava o melhor sexo, os melhores gemidos, sua pureza e o que você tinha de maior valor a, como você mesma descreve, homem bonito, gostoso, sarado, com braços firmes, voz grossa, inteligente, bem-sucedido, engraçado, com sobrancelha de muçulmano, nariz de francês, queixo de grego, autoironia de judeu, visão de negócios de libanês e essa coisa toda que toda mulher aprecia.


Na juventude, quando o valor sexual da mulher chega ao patamar máximo, ela tem a oportunidade de escolher os melhores homens para constituir família e gerar filhos fortes e saudáveis, já que, nessa idade, o corpo da mulher tem as melhores condições possíveis para uma gestação de sucesso.


O que você fez nessa idade? Escolheu os melhores? Escolheu formar família? Não! Escolheu dar gostoso, rebolar na pica de desconhecidos, beijar muito, fazer anal giratório, dupla penetração e troca troca em casas de swing. O melhor que você tinha a oferecer você deu de graça a homens degenerados, paus no cú que só queriam curtir e que não queriam compromisso. Homens sérios nem de longe mereciam a sua atenção, e, tenho certeza de que vários deles foram escurraçados por você, que só queria saber dos cafajestes.


Só que nenhum desses trastes quiseram te assumir. Pelo contrário, um deles enfiou um boneco na sua barriga e te largou, da mesma forma como quem larga um barro na privada e sai sem ao menos dar descarga. Pergunta: você sabe qual deles te emprenhou?


Agora que a idade está batendo, e você está se vendo em maus lençóis com seu júnior, está a procura de algum otário que, além de abrir mão do sexo (você mesma deixou isso claro), ainda tenha que limpar bosta de neném alheio, e, como se não bastasse, gastar dinheiro com ele??? E você ainda acha que tem o direito de exigir isso?


Mais engraçado é que você sabe que a maioria dos homens irá, realmente, fugir de medo dessa situação. Eles sabem que não tem nenhuma vantagem em namorar uma mãe solteira, da mesma forma que não dá para reutilizar escovas de dente e cuecas usadas. E você também sabe disso!


Porque diabos um homem, que investiu anos e anos no próprio desenvolvimento financeiro, que, agora, espera receber a recompensa pelo seu esforço, teria que assumir uma mulher usada por outros machos, que carrega um boneco, e que está com o corpo todo destruído por causa do parto? Mulheres que já pariram, segundo pesquisas, tendem a gerar filhos mais fracos na próxima gestação. Que vantagem há em correr o risco de gerar um filho beta doente e fraco?


Sem falar que você AINDA DESEJA OS CAFAJESTES DA SUA JUVENTUDE. Mesmo agora, nesse estado deplorável, você ainda acha que, no fundo, você merece é um daqueles cafajestes que te usou como papel higiênico. Homem nenhum vai ser feliz ao seu lado, já que você provou só gostar de cafajestes, homens degenerados e egoístas.


Sua vez já passou! Você tomou no cu (em ambos os sentidos), e, agora, está colhendo o que plantou! Contente-se com essa real!


E quanto ao relógio biológico, ele continua fazendo tic tac. Seu tempo já passou, e, agora, é o tempo das novinhas durinhas e com corpinho pronto para gerar filhos fortes. Quanto a você, resta fazer reposição hormonal e se envolver com alguma atividade religiosa. Ah, sim, e tentar criar o bastardinho


Boa sorte com o seu boneco, e espero, de todo o coração, que homem nenhum aceite a sua proposta humilhante.






Tenha um bom dia.

11 comentários:

  1. Hahahaha, simplesmente passou a exigir mais dos caras com quem ela namora. Inútil, coroa!

    ResponderExcluir
  2. Olha, sem querer defender a mãe solteira, mas acredito que ela não teve filho nenhum ainda.
    Ela quer ter um com o próximo cara que ela namorar.

    Independentemente disso tenho dó do otário que assumir essa canoa furada(se assumir).

    O mais comum é um cafajeste prometer tudo isso, comer e sair fora.
    Também pudera: é um contrato onde só uma das partes tem vantagens e a outra só obrigações!
    tô fora!

    ResponderExcluir
  3. "Olha, sem querer defender a mãe solteira, mas acredito que ela não teve filho nenhum ainda.
    Ela quer ter um com o próximo cara que ela namorar."

    Também entendi isso...

    ResponderExcluir
  4. "Isso não lhe parece muito mais insuportável do que uma BOA MOÇA querendo passar adiante os seus maravilhosos genes?"

    AHAHAHHAhAHHAHAHHAHAHAHAHAHAHAHAHHAHHAha

    Agora que quer sossegar virou "BOA MOÇA"?

    "Minhas zonas erógenas estão todas adormecidas pelo desejo avassalador de emprenhar"

    Mas pra dar a periquita pro cafajestest "bonito, gostoso, sarado, com braços firmes, voz grossa, inteligente, bem-sucedido, engraçado, com sobrancelha de muçulmano, nariz de francês, queixo de grego,autoironia de judeu, visão de negócios de libanês" elas não estavam nem um pouco adormecidas... Pra eles você dava muito sexo.

    Agora pro cara que pode ser o pai do seu filho e viver com você, elas estão adormecidas (leia-se pouco sexo e sexo de baixa qualidade)?

    Você dá prazer (recompensa) pra um a troco de nada e pro outro você dá obrigações sem nenhuma recompensa? Sério que você não percebeu a falta de lógica e o porquê de não aparecem interessados?

    Sabe aqueles carinhas medianos/responsaveis que você brincava de seduzir, enrolava e jogava fora (se fazendo de vítima ainda) pra cavalgar nas picas dos cafajestes musculosos, bem sucedidos etc etc.? Pois é, AGORA você os quer? Sério que eles tem alguma mot

    Você sabe que abusou tanto desses caras que não teria respeito por qualquer um ficasse com você. Qualquer relacionamento seu daqui pra frente esta fadado ao fracasso. Os cafajestes que você tanto gosta não querem se comprometer (fracasso), e os betas que podem se comprometer não vão te satisfazer e você vai se frustar e ser uma PÉSSIMA esposa (fracasso).

    ResponderExcluir
  5. TOMOU NO CÚ.

    Sugiro que continue tomando, assim não bota mais uma criança no mundo pra se foder na vida.

    ResponderExcluir
  6. Mas vai aparecer um feioso ou afrodescendente com baixa autoestima para assumir o pacote, já que esses caras nunca namoraram nem com mulher feia.

    O resultado a gente já sabe: Pensão alimentícia
    Lei maria da Penha
    Humilhação social

    ResponderExcluir
  7. GOSTEI MESMO DO ""BOA MOÇA"", boa pra foder rasgado com cafagestes e agora nao quer nem saber de sexo. Olha voce deu muito deve estar toda arregaçada, só um conselho arruma um africano. eles adoram branquinha e tem o pau maior e mais grosso, talvez até consigam gozar, mesmo metendo numa buceta e num cu arrombado como o seu.
    No mais, a analise da sua carta foi perfeita, nada a acrescentar e parabéns a quem fez a analise.

    ResponderExcluir
  8. Segundo minha compreensão do texto, a mulher ainda não engravidou. Trata-se apenas de uma senhora que era rodada na adolescência e que, agora que a idade começou a pesar, começou a ponderar as consequências de seus comportamentos lascivos de quando ela estava em plena juventude.

    ResponderExcluir
  9. Eu acho que você sua FILHA DA PUTA, que teve a coragem de escrever esse texto, comentado pelo autor do blog, tivesse contato esta história para mim, eu olharia dentro dos teus olhos e te mandaria TOMAR NO MEIO DO CU...

    ResponderExcluir
  10. o mais terrivel é que parece que esse comportamento é inconsciente, elas nao se fazem.......o que podemos fazer????

    ResponderExcluir