Falsidade ou simplesmente não percebe? (2 casos)

Questão levantada:







Eu sempre que converso com mulher me surpreendo! Ontem tava conversando com uma amiga(mantive duas amigas depois q conheci a real, elas são boas amigas) e me surpreendi! Estavamos falando sobre a reportagem do conexão reporter aonde os feios são barrados nas portas das boates, aí de repente ela me manda "homem é tudo igual, só liga pra beleza, eu me importo mto mais com o interior" como assim???


essa minha amiga é de mediana pra feia, conheço ela a anos, quando nós iamos em boates via os caras mais destacados pegando ela sem falar uma palavra, o primeiro namorado dela(amigo meu) parece modelo de tv, e foi "amor a primeira vista" só faltou esfregar a buça na cara dele sem o cara falar uma palavra!!!

outra amiga(cortei contato) diz que se respeita, é mto machona com os gays da faculdade dela, tem 1,83 cm, quando aparece um ex-cafa(1,75cm) na frente dela, só falta o cara cuspir na cara dela e ela pedir desculpas de joelho pq o cara teve q cuspir pra cima e depois ia falar pra todos que se respeitava e não entendia as mulheres que se sujeitavam a isso.

Essas histórias são pq eu simplesmente não entendo como uma mulher não percebe essas coisas, ou acredita de verdade nisso!!

Na verdade eu gostaria que alguém me passasse algum material que falasse sobre isso...[li dois livros do nessahan recentemente e não lembro se tinha isso no material ]
O homem que está convencido de que não tem valor será atraído por uma mulher que o despreza, porque ela refletirá seu próprio eu secreto e lhe proporcionará uma fuga daquela realidade objetiva na qual ele é uma fraude, ela lhe fornecerá uma ilusão momentânea do código moral que o condena -Ayn rand


"A mentira é um ato de autoabdicação, quem mente entrega sua realidade à pessoa para quem a mentira se dirige, tornando-se servo daquele indivíduo, ficando condenado dali em diante a falsear a realidade tal qual ele exige."

"honestidade é se recusar a sacrificar a realidade da própria existência em prol da consciência enganada dos outros."




Melhor resposta, do Barão Kageyama:


Isso se chama Duplipensar:


Saber e não saber, estar consciente de sua completa sinceridade ao exprimir mentiras cuidadosamente arquitetadas, defender simultaneamente duas opiniões que se cancelam mutuamente, sabendo que se contradizem, e ainda assim acreditar em ambas; usar a lógica contra a lógica, repudiar a moralidade e apropriar-se dela, crer na impossibilidade da Democracia e que o Partido era o guardião da Democracia; esquecer o quanto fosse necessário esquecer, trazê-lo à memória prontamente no momento preciso, e depois torná-lo a esquecer; e acima de tudo, aplicar o próprio processo ao processo. Essa era a sutileza máxima: induzir conscientemente a inconsciência, e então, tornar-se inconsciente do ato de hipnose que se acabava de realizar. Até para compreender a palavra "duplipensar" era necessário usar o duplipensar.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Duplipensar

Aliás, a algum tempo eu venho achando que a esquerda é o que é por ter uma mentalidade mais "feminina". Enquanto o conservadorismo tem uma visão mais masculina. E é por isso q o conservadorismo no geral (não é todos, obviamente) fica levando chapéus da esquerda.

0 comentários:

Postar um comentário