A Real Sobre Você

Por C.O.B.R.A.

Sei que esse texto vai de desencontro ao que a mídia (e muitos da Real pregam) o tópico é mais uma reflxão do que qualquer coisa, e não vai agradar muito os mais sensíveis daqui mas o que eu tenho a dizer é:


Pare de se sentir especial caralho!

Você não é especial, fodão, único, nem tão pouco a melhor pessoa do mundo.

Uma coisa que me irrita é essa idéia de que "todo mundo pode ser o melhor de todos... basta ter força de vontade...".

A Real é que poucas pessoas tem o seu espaço no mundo. O ser humano busca constantemente aprovação e admiração dos demais.

Você não será o melhor, nem o mais bonito, ou o que tem maior sucesso no seu meio. Você pode ser muito bom, superar seus limites, mas difícilmente será o melhor ou chegará no topo.


Você não é especial.

Um exemplo: ninguém será um Arnold Swarzenegger se simplesmente começar a treinar sério, fazer os melhores ciclos, etc...

Outro exemplo: você não será nenhum Juiz Federal fodão ou Eike Batista apenas se meter a cara nos livros, se fosse assim existia um Juiz em cada bairro. Você pode passar em um concurso muito bom, se esforçar bastante mas difícilmente chegará aos cargos melhores do país.

Nós desenvolvemos 2 tipos de habilidades:

1) Inata.
2) Adaptativa.

Ainda tem o fator Sorte.

Se você for bom em uma dessas (a maioria da população não é boa nem na 1ª e nem na 2ª) você será de mediano a ótimo.

Se você for bom nas duas e ainda tiver sorte, será exepcional e chegará no topo assim como um Arnold ou algum gênio com QI de 150.

Alguém que tem uma genética de fisiculturista ou um QI alto, terá mais chances de vencer. Alguém que nasceu com genética lixo e QI baixo, tem que se esforçar MUITO para conseguir o objetivo.

Essa é a principal razão de o porquê existirem em meio a 7 Bilhões de pessoas no mundo, poucas pessoas bonitas, poucas pessoas ricas, poucos caras que conseguem sempre as melhores mulheres, poucos gênios/inventores, poucas celebridades, poucas pessoas com ótimos empregos, poucos profissionais que ganham bem (atletas, empresários, formados, etc...), poucos aprovados no vestibular, poucos aprovados em concursos públicos, poucos bombados com shape TOP, poucas mulheres bonitas (em relação a feias/medianas), poucos convocados para a seleção Brasileira, poucos classificados para a copa do mundo.

O primeiro passo para o auto-conhecimento é conhecer a si mesmo, e admitir que somos seres que tem limitações.

Cabe a vocês decidirem trabalhar os pontos fracos para melhorar suas deficiências para verncer a SI MESMOS não os outros, porquê ficar se comparando aos outros na maioria das vezes, vai acabar em frustração, impotência, depressão.

E porquê? Porquê a mídia encuca na tua cabeça de merda que você pode ser um Neymar, uma Ivete Sangalo ou algum ator fodão da Globo pra vender seus produtos, ganhar dinehiro, enquanto lasca a tua cabeça com essas merdas pensando o porquê tenta, tenta e não consegue.

"Ahhh mas isso não é justo...".

Lembrem-se:

"Não existe merecer ou não merecer.
Existe apenas o que é e o que não é."

5 comentários:

  1. Caraio. Sem zuar, mas meu QI é 155 a 160 (3 testes). Sempre achei que para ser alguém, precisaria ter nascido rico. Esse post me encheu de auto-confiança. Vou apavorar, sobretudo as feministas de m....

    ResponderExcluir
  2. Dê o melhor, espere o pior, aceite o que vier.

    ResponderExcluir
  3. como trabalhar autoconhecimento???? Só fala isso?

    ResponderExcluir
  4. saia da friend zone
    vejam
    http://segredosdomestre.blogspot.com.br/2016/05/como-sair-da-friend-zone.html

    ResponderExcluir