A real sobre carros

Por Sr. X


Vejo muito paspalho se endividando acima da sua capacidade de pagamento só para ter um carro. A maioria esmagadora dos imbecis compram um carro por um único motivo: pegar mulher! Uma minoria compra carro, supostamente, por que "precisa de um carro". E uma minoria compra o carro para gerar dinheiro com ele.





Vou tentar abordar, com minhas próprias palavras, o que eu penso a respeito do tema. Vou, primeiro, falar sobre a importância do carro para pegar mulher; depois, vou falar sobre os custos de se ter um carro; por último, vou falar sobre a importância de se comprar o carro À VISTA.





Sobre a importância do carro para pegar mulher, o fato é que o carro é, sim, um enorme facilitador, MUITO EMBORA NÃO SEJA UM FATOR DETERMINANTE. Primeiro, o carro é importante porque chama a atenção para a situação financeira do cara. Todos sabemos que manter um carro de alto nível requer gastos consideráveis, e a mulherada sabe disso instintivamente.

Segundo, o carro traz conforto, óbvio. Fica muito mais fácil levar a presa para o abatedouro.

Só que, como eu disse, não é fator determinante. Tem muito nego com carrão do ano que não pega nem gripe, enquanto tem nego sem carro que passa o rodo. Se você tem carro, mas é tímido, baixinho, fraco e nerd, o carro não irá ajudar muito. Só irá gerar despesa, e é provável que as vadias te façam de miguxo chofer.

Se você é fraco, isso denota que você não tem dinheiro para gastar no seu físico. Ou, então, denota que você não se importa com o seu físico. Ambas as hipóteses são negativas. O problema é quando você não cuida do seu físico por falta de dinheiro. Oras, se você não tem dinheiro nem para malhar e ficar forte, por que diabos você tem um carro, que te gera despesas enormes??? Isso nos leva ao próximo tema.





Carro, por definição, é um passivo. Significa que ele só gera despesas. Quando você ver as pessoas andando de carro na rua, imagine que, a cada segundo, aquele carro está queimando algumas dilmas por hora.

Para começar, a depreciação. Esta é uma despesa invisível, mas que irá pesar no seu bolso uma hora ou outra. Ao adquirir o carro, ele começará a perder valor, que, em alguns casos, chega a 16% ao ano! Significa que, na hora da troca, você dará o seu carro velho, e terá de pagar a depreciação. Sem choro.

Gasolina, então, nem se fala. Principalmente no momento atual, em que nossa ilustre presidente anunciou aumento nos combustíveis. Os gastos podem passar de R$200,00/mês em alguns casos. Se o carro não tiver manutenção adequada, estes gastos irão aumentar consideravelmente.

Manutenção: já parou para olhar o preço de um pneu? Já parou para pesquisar o preço de algumas peças de carro essenciais, como cabeçote, ou quanto ficaria para consertar um rolamento? Quanto fica uma pintura, ou manutenção da lataria? Troca de óleo? Revisão?

Comece a colocar estes custos na planilha antes de se aventurar a comprar um carro. Muita gente não tem a menor ideia do quanto custa manter um carro na garagem, ainda que parado. Mesmo na garagem, a depreciação continua correndo. Sem falar no IPVA.




Por último, sobre o financiamento. Você, que pensa em adquirir um carro, irá assumir uma despesa mensal enorme, como eu já desenhei acima. Além destes gastos obrigatórios, muita gente adiciona a isso o peso de se assumir um financiamento.

Logo de cara, o financiamento gera algumas despesas, como a tarifa de abertura de crédito. Algumas financeiras cobram 2% do valor do financiamento a título de TAC. Tem a questão dos impostos também.

Além disso, os juros irão elevar o custo da aquisição enormemente, de forma que, em alguns casos, o sujeito pagará o dobro do valor do carro. Se houver atrasos nos pagamentos, esperem por multas de 2% mais juros moratórios de 1% ao mês, além do juro normal, que continua correndo.

Este é o quadro de quem financia carro. Uma verdadeira merda. E o mais assustador é que as pessoas entram nessa, e acham supernormal arrumar dívida para comprar carro.

Se, ao invés disso, o sujeito comprasse à vista, o que iria ocorrer?

Ele passaria um primeiro momento tendo de andar a pé, que é o período que ele irá juntar o dinheiro. Muita gente diz que juntar dinheiro para comprar carro é difícil, que nunca sobra dinheiro, etc. Nunca sobra dinheiro é o caralho! Ô, animal, se você financiar, você terá de fazer sobrar dinheiro para a prestação, de uma forma ou outra! Como você tem a audácia de me falar que não sobra dinheiro para juntar e comprar seu carro??? Vai tomar no seu cu!

Durante o período que ele estiver juntando dinheiro, ele poderá aplicar o dinheiro, o que irá render juros! Isso mesmo! Enquanto o otário que financia PAGA JUROS, o sujeito que junta para comprar GANHA JUROS enquanto junta! No mínimo, juros da poupança, ou CDB. Ou, ainda, LCA, ou FII, investimentos que NÃO COBRAM IMPOSTO DE RENDA NEM IOF!

Só este argumento seria suficiente para esmagar de vez o otário que financia. Mas ainda tem mais.

Quando o sujeito termina de juntar e compra seu primeiro carro, a despesa morreu! Não haverá prestação! Não haverá juros! Apenas os gastos normais do carro!

Agora, que ele já tem o carro, ele poderá continuar juntando seu dinheiro normalmente, ganhando juros.

Ao final de um ano, o valor que ele juntou será mais do que suficiente para pagar a DEPRECIAÇÃO do carro. Muito mais que suficiente, diga-se de passagem. Significa que ele poderá usar uma pequena parte de sua poupança, mais seu carro usado (que rodou só um ano) e trocar por OUTRO!

Isso mesmo que eu falei! Trocar de carro todo ano! Já pensou nisso?


Resumindo o texto:

1 - Você não precisa de carro para pegar mulher. Se não consegue pegar mulher sem carro, talvez não conseguirá pegar mulher usando um.

2 - Ter carro é muito caro. Avalie se você tem dinheiro para assumir essa despesa fixa.

3 - Se teu cu está coçando tanto para ter um carro, então junte dinheiro e compre à vista.
Desenvolvimento pessoal, quando bem feito, dá muito trabalho. Se você não está tendo trabalho com o seu desenvolvimento, você está fazendo errado.

2 comentários:

  1. Grande Sr.X! No começo de 2010 quando conheci a Real, acompanhava os blogs do Sílvio, Doutrinador e tantos outros, inclusive o seu blog com os vídeos.

    Quando a Central Masculinista acabou, eu passei a acompanhar os blogs da esfera pela Central do Búfalo, porém as atualizações eram bem menores. Mesmo assim, sempre antes de entrar na Mundo Realista, eu sempre passo aqui na central para ver as atualizações.

    Com a sua volta na MR, percebi a reformulação da central e pra minha surpresa, percebi que era vc que comandava!

    Lembro daquele vídeo onde vc mostrava as consequências do feminismo... como era na época da sociedade patriarcal...Vc ainda os tem?

    Parabéns guerreiro, força e honra!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guerreiro, eu não tenho mais os vídeos. Mas alguns vídeos foram copiados por outros canais.

      Procure pelo canal "A real sobre as mulheres" no youtube. Tem, também, o canal "Universo Ateu", que copiou alguns dos meus vídeos.

      Excluir