[Relato]Poderes premonitórios fodônicos da Real.

Por Morten



Fala aí galera. Não sou muito de fazer relatos, mas esses dias aconteceu uma coisa que me lembrou esse tópico aqui http://www.homenshonrados.com/forum/viewtopic.php?f=2&t=6192 e quero compartilhar com vocês.
Esse caso aconteceu com o meu irmão e acabou tudo bem, mas serve para reforçar tudo o que já discutimos aqui sobre esse tipo de situação. Vamos adotar para o meu irmão o pseudônimo Cristóvão. 

Tudo começou em outubro de 2010, quando ele conheceu a Sofia (nome fictício) numa balada. Eles trocaram uns beijos, amassos e telefone. A Sofia é do tipo baladeira assídua e que curte pegação, porém, ela é cheia de miguxos, metida a romântica e evangélica.

Pois bem, meu irmão começou a sair com ela e eles começaram a ficar com frequência. Só que sem sexo. A Sofia vivia enchendo o orkut do meu irmão de depoimentos carinhosos, vivia mandando torpedos melosos e parecia bem apaixonada :inlove: . Acontece que o Cristóvão deslumbrou começou a dar moral para a Sofia. Embora ele não gostasse dela, não queria magoar uma mulher que parecia tão apaixonada. E deu valor o que aquela mulher. Acontece que a Sofia passou a não procurar mais o meu irmão. Não atendia mais ligação e nem respondia mais scraps. E sumiu sem dar a menor satisfação. A mulher parecia apaixonada e foi só o cara dar valor que ela meteu o pé. Alguma novidade nisso? Pode até ser para os desavisados, mas não para nós da Real. A sorte é que meu irmão nem gostava dela. Ele só estava puto por não ter dado umas bombadas nela. O lance deles durou um mês e meio mais ou menos.

O ano mudou e os meses foram passando até que chegou setembro de 2011. Cristóvão e Sofia tinham orkut e facebook um do outro, só que eles nem se falavam. E do nada, depois de meses, a Sofia veio falar com o meu irmão no facebook. Veio com esses papos:
- como é que você tá?
- novidades?
E o meu irmão foi respondendo normalmente e papo vai, papo vem até que ela o chamou ir no aniversário dela. E ele foi. E ela dizia que sentia falta de quando eles ficavam e da pegada dele... Huuummm, será? Só que a diferença é que meu irmão já tava esperto e calejado com esse tipo de mulher. Converso muito com ele sobre o que discutimos aqui e ele concorda com tudo. O moleque é destacado, mas era bonzinho. Agora o moleque tá safo graças a Real. Eu já tinha cantado a pedra pra ele que esse tipo de mulher não se leva a sério, ególatra, que gosta de infernizar, gosta de ser enganada e é metida a santa e doce. Já tinha aconselhado a pegar, cozinhar, mentir, comer e meter o pé sem dó. A missão era meter nessa garota que deu uma de gostosa. E tudo que eu falava que ia acontecer, aconteceu!!! :evil2:

Ele foi no aniversário dela que aconteceu numa boate. Lá ele pegou a Sofia e ela falava que sentia falta daquela pegada. Acontece que ela encheu a cara na festa e passou mal. Vê se pode uma mina evangélica encher a cara na boate e ficar em pegação... Enquanto ela vomitava, ele pegou a prima dela. A Sofia descobriu e deu uma de indignada, mas ele jogou um caô que colou. Ela não ficou puta com ele, ficou puta foi com a prima. Alguém surpreso?

E eles continuaram saindo. Ela ficava com a mesma palhaçada de ficar mandando musiquinha mangina, recados carinhosos e etc. Dessa vez, ele cagou e andou, como aconselhamos. Não atendia todos os telefonemas dela, não ficava no facebook de papinho, não ficava respondendo mensagens. Ele mesclava carinhos e caõs com ausência e indiferença. Eu dizia que se ele fizesse assim ela ia gamar. E o que aconteceu? Ela se apaixonou :inlove: . Foi aí que a procurava ele cada vez mais. E ficava perguntando coisas como:
- "Cadê aquele Cristóvão romântico?"
Ela ficou neurótica e perseguidora. Todo vez que eles saiam, a Sofia exigia namoro. E o Cristóvão falando que ainda era cedo. E ela reclamando que ele cagava pra ela. Só que ela não largava. Enquanto o meu irmão pegava a Sofia, ele pegava outras duas. E a Sofia fazia questão de marcar meu irmão em fotos bem intimas pra que as rivais vissem. E as três começaram a se alfinetar via facebook, rsrsrsrs

E a Sofia ficava exigindo namoro e dizia que se ele não quisesse, tinha vários querendo. E meu irmão falava que ela podia fazer o que ela podia fazer o que quisesse, mas que não tolerava essa marra. Enfim, a garota ficava mandando várias indiretas via facebook e recebia várias mensagenzinhas de miguxos. Sempre eles.
Ele fez tudo conforme falamos não caindo nos joguinhos e chantagens, sem apego, comeu de todos os jeitos e quando a Sofia ficou insuportável ele deu um chute nela.

Aí é que vem a ultima da Sofia. Ela do nada ligou pro meu irmão perguntando se ele tinha usado camisinha da ultima vez que transaram porque a menstruação dela estava atrasada. E o pior é que eu tinha cantado essa pedra de que ela poderia muito bem meter esse caô nele. Já alertado sobre isso, ele falou bem firme para ela de que ele estava seguro de e que não tinha nada pra se preocupar. De que ele tinha certeza de que não tinha engravidado ela. Ela ligou no dia seguinte falando que a menstruação não tinha chegado, mas ele ignorou o caô. E ligou no outro dia pra falar a mesma coisa até que ele falou pra ela o que eu paga pra ver ela fazendo o teste de gravidez e que se der positivo só vai assumir com DNA. Segundo ele, ela fez um show no telefone falando que não é nenhuma vagabunda e desligou na cara dele. Ainda no mesmo dia ela ligou falando que a menstruação tinha acabado de chegar. Ele deu esporrão nela falando que ela tava de palhaça e a mina começou a chorar até que ela disse:
- "Cristóvão, por que você está fazendo isso comigo? Eu te amo."

Ele falou pra mim que não quer nem mais comer essa garota. Ela é difícil, complicada, jogadora e que uma foda não compensa a aporrinhação. 

Aí é o que falamos, procurem sempre cultivar o desapego. Procure ter opções de mulher no pente. O homem que é apegado, carente e sem opções, estaria fodido pra manter uma mulher dessas. Meu irmão nem é um filho da puta, pelo contrário. Ele poderia ter pisado muito nela, mas não quis. Só que não dá pra ficar sendo honestíssimo e tratá-las com todo o cuidadinho pra não magoar. É só lembrar da banana que ela deu nele quando ele deu valor. Quem tiver paciência de ler esse relato, que tire algo de bom nisso.
MANGINA...
VOCÊ É UM CRETINO
VOCÊ É UM COCÔ
E NÓS VAMOS METER A REAL EM VOCÊ
A MATRIX É A DOENÇA
E A REAL É A CURA

http://www.formspring.me/MortenHH

3 comentários:

  1. engraçado já aconteceu coisas parecidas comigo. sem comentários

    ResponderExcluir
  2. O pior é que é sempre assim, é com isso que não me conformo.
    Toda vez que vc dá moral a guria quer montar em você.
    Vivi isso em meu próprio casamento.
    Pisei na bola com minha mulher, fui sacana mesmo, mas me arrependi e resolvi levar a coisa direitinho.
    Foi dar uma de bacana e ela começou a querer pisar em mim.
    Não deu nega, botei ordem no barraco.
    Hoje em dia ela reclama que sou frio, que sou indiferente, que não a amo etc, mas não folga mais e nem larga...

    ResponderExcluir
  3. Tornando mais lúcido aquilo que discutimos aqui!
    Muito válido o relato!

    ResponderExcluir