Você é titular ou reserva das mulheres?

Por Arthur Vinícius




Em quase todos os esportes, vemos que as equipes são formadas por jogadores titulares e aqueles que podem vir a ser seus substitutos no decorrer da partida, os chamados reservas. Os titulares, como todos nós sabemos, são aqueles que são os melhores em sua posição de origem e são selecionados para começarem jogando. Os reservas entram conforme o que acontece no desenrolar da partida e são divididos entre reservas imediatos e reservas dos reservas.

Fazendo um paralelo entre um jogo e um relacionamento, vemos que os homens são divididos entre titulares e reservas por parte das mulheres. Os titulares são aqueles que têm alto poder aquisitivo, traço fisico avantajado, ou que impõem respeito em seu meio social. Playboys, maconheiros, cafajestes fazem parte desta lista. Os reservas são aqueles que têm baixo poder aquisitivo, timidos, intelectuais, entre outros, sendo considerados em alguns casos os reservas imediatos quando são chutadas pelo parceiro. E temos os reservas dos reservas, aqueles que provavelmente nunca serão relacionados para o jogo (relacionamento): magrelos, gordos, nerds (pelo menos não até estarem com o bolso vazio) e a mulher faz o papel de técnico, escolhendo os homens conforme o que eles podem oferecer de imediato a elas. 





Agora eu pergunto: de que lado você está? Entre os titulares ou os reservas? Independente do lado que estiver, você está feliz com a sua situação? Se sim, deveria estar preocupado, pois em ambos os casos você estará sendo usado pela mulher. Explico: um titular normalmente tem que fingir ser uma pessoa que não é para mexer com o coração da mulher, ou ter grana para poder angariar sexo; contudo há titulares que causam fortes emoções e aqueles que têm o perfil provedor. Em ambos os casos o homem é escravizado pela sua libido e não consegue mandar no próprio pau. Um reserva, por outro lado, tem se desdobrar, se esforçar para mostrar ao técnico (mulher) que pode e merece ser relacionado para o jogo, e muitas vezes quando tem a devida chance, vêm que estão no meio ou no final da temporada (aproveitando resto de cafas) e mesmo assim sabem que podem a qualquer momento voltarem para o banco assim que o titular se recuperar (quando o cafinha pintar na área outra vez).

Logo, quer você esteja entre os titulares ou entre os reservas, você será usado pela mulher de qualquer maneira, até o tempo em que ela se cansar de você. 

Então qual a solução para virar o jogo num relacionamento atual? É simplesmente você tomar o lugar da mulher e ser o técnico, e não o jogador. Sim, você deve escolher uma mulher para se relacionar até que ela venha a desempenhar bem o seu papel, e descartá-la no momento em que ela começar a encher o saco e fazer infernos emocionais. 

Mas você deve estar se perguntando "como farei isto, se são elas quem nos escolhem"? A resposta você já está cansado de saber. Estude, trabalhe, ganhe bastante grana e assim que pintar uma garota na área dando bola, se interessando por você, fique com ela enquanto ela lhe proporcionar satisfação e atender seus critérios, exigências. Se não atender, você a dispensa e troque por outra que venha trazer mais satisfação no relacionamento. 

Lembre-se: qualquer jogador pode ser técnico, tanto o que foi bem ou mal sucedido na carreira de jogador. Tudo é questão de escolha e dedicação.

3 comentários:

  1. A verdade dos fatos é essa: o "titular" querendo ou não, fica com a sombra dos reservas, mulher é bem capaz de descer o nível de exigência dela tanto que afete determinado homem

    ResponderExcluir
  2. mas como tem gaúcho nesses fóruns... deve ser mesmo muito complicado viver no meio de tanta mulher bonita, ne? posso imaginar qto sofrimento, qto ressentimento, qta inveja ops!. bando de viado. pqp. agora para todos os bostinhas: só de ler esse texto dá pra ver o qto ceis se veem como um capacho. e são uns merdas mesmo. e essa é a real.

    ResponderExcluir
  3. Engraçado que você acha que todo mundo aqui é fracassado, revoltado, mas, em questão de alguns minutos, postou sete (eu disse sete) comentários no blog.

    Normalmente, quando eu considero alguém fracassado, simplesmente o ignoro e toco a minha vida, ao invés de dar audiência para ele. Acho que você valoriza muito esse blog, não?

    ResponderExcluir