A Passividade Feminina: O Silêncio das Vadias







Sempre ouço a seguinte aafirmação (e dessa certa forma é um pensamento bastante comum, fragmentos da matrix no inconsciente masculino coletivo):

As mulheres não sabemescolher porque são vitimas das circunstancias e dos homens. Quando os bonzinhos seaproximam, elas não fazem nada ( culpa dos bonzinhos por inexperiência), nãoentendem o que está acontecendo; porém os cafajestes são insistentes, e ganham afêmea porque sabem conquistar.





Isto é um “dogma falso”, umaafirmação falsa. A fêmea moderna não é uma princesa indefesa em sua torreesperando pelo homem certo; é uma bruxa falsa e dissimulada que sai de sua inérciaquando lhe convém. A brasileira não é indefesa ou frágil. São educadas pela mídiafeminista durante anos e pela própria cultura da devassidão e corrupção moralmarxista brasileira. Elas cresceram numa espécie de “REAL MALIGNA FEMINISTA”, ondeos machos medianos, as religiões e a moralidade são os inimigos e adversários. As mulheres estão "salvas"! Quem precisa se salvar são os machos. Seja individualista e, se puder, ajude seu gênerodivulgando a REAL.

O matrixiano desavisado érejeitado sucessivas vezes e sequer entende o que acontece. Muitas vezes, ele sepergunta: a beleza minha e a dela são compatíveis, fui justo e honesto com ela,trabalho e estudo, mas mesmo assim não dá nada certo... 


A auto-estima deste machoé demolida porque ele se culpa por não encontrar respostas e entendimento sobreas causas das rejeições; pensa que é inexperiente, que nunca aprenderá ouconseguirá. Na verdade ele está lidando com “fêmeas quase sociopatas” edesconhece tais riscos e características. Geralmente sofre grandes torturas e jogos emocionais na tentativa de obter relacionamento.





A demonstração da realidadeé uma absolvição da ignorância e da respectiva culpa penitente que estáoprimindo o gênero masculino. As fêmeas brasileiras são pervertidas moralmentee hipergâmicas. Os critérios de escolha delas são extremamente excessivos e nãofazem sentido aos olhos dos matrixianos e até do senso comum dos cidadãos maisvelhos! Elas só querem lucro, exibicionismo e promiscuidade com machos destacados! Isso praticamente se generalizou entre as fêmeas brasileiras estes requisitos demerecimento.


Estamos desconstruindo aimagem da fêmea brasileira e isso não é demonização. Na verdade, estamos apenasatualizando o perfil das sádicas utilitaristas sexistas. Somos homens e nãoescravos idiotas, imbecis ou tolos.

Diante de um macho mediano, abrasileira é uma rocha muda, inacessível, uma tesoura (as pernas que cortam) nosentido da valorização fálica deste. Essa mesma fêmea diante de outro machodestacado é uma escrava sexual, um “compasso (as pernas que sempre estarão abertas)na valorização fálica” onde persegue e se submete com facilidade. Essas são asbrasileiras em sua grande maioria! 


O silêncio e a inércia aparente de uma fêmeaem relação a você são pura fachada, mascara mentirosa, falsa proteção,simulação de ingenuidade e inexperiência. A passividade das vadias é aarmadilha do apego! Mulher que não o rejeita expressamente não presta! 


Portanto, fiquem atentos. Elas enrolam, se vitimizam etc. Procure se afastar e cortarquaisquer tipo de contato com fêmeas que apresentem tais reações em relação avocê: não há sinceridade nas vadias ( Infelizmente elas são a maioria).
 FORÇA GUERREIRO: ESTAMOS EM GUERRA!!!


9 comentários:

  1. Ótimo texto e excelentes argumentos. A verdade está aí, não enxerga quem não quer.

    ResponderExcluir
  2. ESTAMOS NA ARTE DA GUERRA,

    ResponderExcluir
  3. Interessante; 
    Me lembra algo que aconteceu comigo. Conheci uma recentemente que dizia ser virgem aos 21 anos (!!). Eu obviamente conhecedor da real sobre as fêmeas, fiquei na minha e não acreditei. Conversei com ela pra ver onde dava e ela foi dizendo que era virgem, falando que era careta e não sei o que, perguntei se tinha amigas vadias e disse que sim (Diga com quem andas e direi quem és rsrssr). ou seja, se fazendo de santinha moça de família. Até que a chamei pra sair, e ela disse que não ia dar. No sábado, ficou no msn praticamente o dia todo(Bloqueei ela e fiquei observando), como assim não ia dar?  rsrsPercebi então que se tratava de uma mulher dessa do texto, que é timida e pura com quem quer, safada metelona com quem quer também. E então desisti e sumi, nunca mais conversei com esta dama, pura perda de tempo.
    Obviamente se eu fosse um cantor ou ator famoso não ia ser assim, mesmo supondo que ela realmente fosse virgem.

    ResponderExcluir
  4. esses artigos devem ser evidênciados pela mídia televisão ou jornais, mas os próprios meios   de comunicação não querem isso, aí fica díficil, mas vamos repassar tudo para as pessoas, nem que seje de boca em boca dana-se. vamos em frente guerreiros da real.

    ResponderExcluir
  5. Olha eu sou fan do Minerim, textos sempre muito elegantes de se ler sem fugir muito do foco principal.Muito bom!

    ResponderExcluir
  6. mas como vc é burro. vc "conheceu" uma virgem. conheceu como? pela internet, idiota? é lógico q era um homem batendo uma punheta pra vc do outro lado do pc, seu viadinho. 

    ResponderExcluir
  7. Concordo so não generalize ' são poucas mas ainda tem as que fazem a diferença "
    abraços com todo respeito Chris Campos .

    ResponderExcluir
  8. rikimaruwrath,tu perguntou assim mesmo na lata sobre  amigas vadias?eheheheh genial.

    ResponderExcluir
  9. Mineiro....vai a merda e manda logo o falso pedrigree parte dois porra,rs, estamos aguardando, o texto tava interessante...gde abraço!

    ResponderExcluir