Coisas estúpidas que eu fiz pensando em mulher

Por Sektor

Entrei pra um grupo de dança


Imagem

Mesmo não gostando e não levando o mínimo jeito pra dança, eu decidi entrar pro grupo de dança daqui da minha cidade.
Eu estava determinado a aprender a dançar. Participava de todos os ensaios do grupo, comprei calças largas, tiara, luvas, fazia aulas e ficava boa parte do tempo treinando sozinho, mas nunca passei de reserva.
Não tinha senso de ridículo, era duro igual um frankenstein querendo imitar os ninjas do funk.
Quando a dança era de casal, como forró ou tango, nenhuma garota queria ser meu par.
Sempre errava os passos. Sempre passava vergonha. Nunca pegava ninguem.


Organizava festas



Imagem


Tinha um pessoal aqui na minha cidade que organizavam festas falidas. Como bom alienado, resolvi me juntar a eles.
Comecei a ser um dos organizadores dessas festas, e era um dos mais dedicados.
Eu faltava aulas pra ir de porta em porta convidar as mulheres - damas grátis.
Levava salgadinhos, emprestava meu som e microfone, gastava dinheiro e passava vergonha fazendo os passinhos que eu aprendi nas aulas de dança. - Mas eu tava no lucro, se eu não fosse um organizador, não seria convidado pras festas.
No final da festa todo mundo se arrumava, pegava alguem, etc.. 
Enquanto eu, fazia meu papel de organizador, varrendo o pátio e limpando a piscina.


Fui em uma Feira-Anime.



Imagem


Mesmo na época de mangina, eu percebi que essa foi uma das coisas mais sem noção que eu fiz correndo atrás de mulher.
Fui em uma dessas feira-anime, chegando lá a proporção era 9 homens pra cada mulher, todo mundo de mochila ou vestido de roqueiro e eu de bermuda playsson. 
Entrando na feira, eram campeonatos de playstation e vídeos da Saylor Moon passando no telão. 
Como tem uma alta concentração de nerds nesses lugares, eu me senti o espertão e quis pagar de descolado. 
Fiz vários tipos de palhaçadas, dava risadas altas e ainda fiz graça correndo atrás do palco pra impressionar as otakus. 
Fui expulso da feira. Tomei três tocos. Cheguei em casa e chorei.


Queria operar o penis pra deixar de ser torto



Imagem


Essa foi a pior coisa que eu fiz pensando em agradar mulher.
Eu li em algum lugar da internet uma mulher dizendo que pau torto dificultava a penetração. Isso foi o suficiente pra eu surtar ..
Eu naum tinha nem sequer comido alguem, e começei a pensar que com o penis torto nenhuma mulher ia me querer.
Eu fiquei mais de 10 meses pesquisando sobre doenças que deixavam o pênis torto, operações que corrigiam a curvatura, e então, decidi pedir ajuda aos meus familiares. Foi uma das maiores vergonhas da minha vida.
Pedi dinheiro pra ir no urologista ver o caso, e chegando lá, o médico, excelente profissional, disse que aquilo era absolutamente normal e eu não iria precisar operar.
Não fiquei satisfeito com a resposta, queria ir em outros médicos, mas depois eu desencanei.
Hoje quando alguem da minha família toca no assunto eu fico com uma vergonha enorme. 


Depois de tudo isso, resolvi pesquisar o motivo da minha falta de sucesso com mulheres, e acabei descobrindo que eu não era o único "azarado com elas". 
Acabei conhecendo os livros de Nessahan, os livros PUAS, e hoje, pego muito mais mulheres que antigamente.

2 comentários:

  1. Se mulher gostasse de pênis, como homem gosta de vagina, o sonho de consumo das mulheres seriam os atores pornôs e não globais...

    ResponderExcluir
  2. Como bom alienado, resolvi me juntar a eles.

    eheheheheheh agente faz cada coisa...

    Fui em uma Feira-Anime.

    caraca death-metal total

    de cara eu me recordo de ter escolhido a dedo a maior vagabunda de um lugar que trampei,consegui tomar um toco rss

    ResponderExcluir