Resposta a uma misândrica

Por Augusto


Pessoal, recebi um scrap em meu perfil de uma pessoa chamada Laura. Eis, na íntegra, o que ela escreveu:

"A mulher tb contribui com uma merda chamada cromossomo X que todo macho, mesmo que não queira, tem.Além de ter que aguentar por 9 meses um ser desse na barriga e a merda da dor do parto, pra no fim, virarem homens escrotos que nem Vcs, que só servem pra criar comunidades escrotas que nem essas e falar merda sobre nós."




E aqui está o que eu respondi para ela.

Laura, obrigado pelo scrap. É sempre bom obter um feedback daquilo que escrevo. No entanto, creio que você escreveu algumas inverdades, de modo que tomei a liberdade de analisar algumas coisas que você disse. Aguardo sua resposta para continuarmos a dialogar. Abraços.

A mulher tb contribui com uma merda chamada cromossomo X” – primeiramente, em nenhum momento me referi ao cromossomo X como sendo uma, em suas palavras, ‘merda’.

Apenas procurei citá-lo de modo a levantar a questão de que, não fosse esse cromossomo oriundo de origem paterna, não haveria o ser denominado mulher. Ou seja Laura, a meu ver você pode até odiar os homens, mas não pode negar que sem esse cromossomo você nem sequer existiria.



Fatality





Outra coisa: se o cromossomo X é, em suas palavras, “...uma merda...”, e você, que é mulher, possui dois deles formando todo o seu material genético, o que isso faria de você?

“...que todo macho, mesmo que não queira, tem.” – verdade Laura. Todo homem possui, em seu genoma, um cromossomo X, algo que, entre outras coisas, determina o lado feminino da natureza masculina, ou na linguagem dos psicólogos Junginianos, a porção anima do homem que complementa a porção animus deste.







Creio que você tenha compreendido mal meu argumento. Em nenhum momento fiz citação ao fato de não apreciar este cromossomo X que faz parte de meu DNA, bem como referências ao fato de que “machos se recusem a admitir a existência de um cromossomo X em suas células.” Talvez isso seja verdade para muitos misóginos/machistas, mas te asseguro que este não é, nem será, o meu caso.

“Além de ter que aguentar por 9 meses um ser desse na barriga e a merda da dor do parto...” – Grifei estas partes por dois motivos:

1- Pode ser que para você a gravidez resuma-se a “ter que agüentar” e “a merda da dor do parto”, mas leve em consideração, quando você realizar os seus argumentos, o fato de que existem pessoas que pensam de forma diferente.

2- Os termos que você utilizou: “ter que agüentar”, “um ser desse”, deram, ao meu ver, um sentido de peso à sua sentença, beirando ao preconceito (discriminação) sexual. Afinal, “ter que agüentar... um ser desse”, beira a algo que se faz com extremo desgosto. Logo, você poderia facilmente ser processada por preconceito de sua parte para com o meu sexo: misandria.

Pode ficar tranqüila que não tenho interesse em processos ou quaisquer outras questões legais voltadas para essa área. Apenas certifique-se em escolher as palavras com mais cuidado quando estiver fazendo uso do EthosPathos eLogos.



“... pra no fim, virarem homens escrotos que nem Vcs...” – Aqui, ao meu ver, você cometeu o erro da generalização, ao afirmar que, “no frigir dos ovos” (popularmente falando), todos os homens possuem apenas um destino: tornarem-se, em suas palavras, escrotos (um termo bem pejorativo, diga-se de passagem).

“... que só servem pra criar comunidades escrotas que nem essas e falar merda sobre nós.” – novamente, a generalização em suas palavras. Porém, te asseguro de que nós homens fizemos e fazemos mais do que procurar, supostamente, difamar o sexo feminino. Somos responsáveis sim, por fatos dos quais não devemos nos orgulhar, mas te asseguro de que estamos aquém destes hábitos.

Por último Laura, espero sinceramente que o ódio que você sente de nós homens possa um dia deixar de existir, uma vez que homens e mulheres não surgiram para serem adversários ou para odiarem-se, mas sim no intuito de, ao perceberem as suas próprias limitações, tenham a consciência e a maturidade necessárias para admitirem a si mesmos que só estarão completos ao se unirem.

Agradeço a atenção.

Atte,

Augusto.

4 comentários:

  1. mandou benzasso!!!! tu viu como enxergam a gravidez?é como se fosse um fardo...

    ResponderExcluir
  2. Quando estes moleques utópicos vao entender que para ser bem sucedido neste mundo misândrico a misoginia é a única soluçao? Estamos sob as regras do Matriarcado Gnóstico Hiperbórico Vegan, adoradores da merdalher de Kali, comedores do kalas negro e bebedores do kalas vermelho, se vocês continuarem alimentando o maldito mito que existe merdalher exceçao, só vao encontrar merdalher maldiçao, e vao acabar tomando um DIVINE BITCHES no rabo ( vide site divine bitches ). Se é isto que vocês querem, problema de vocês, CUCK BOYS, agora nao paguem de homens honrados, porque homens honrados nao fazem isto!

    ResponderExcluir
  3. Quando estes moleques utópicos vao entender que para ser bem sucedido neste mundo misândrico
    a misoginia é a única soluçao? Estamos sob as regras do Matriarcado
    Gnóstico Hiperbórico Vegan, adoradores da merdalher de Kali, comedores
    do kalas negro e bebedores do kalas vermelho, se vocês continuarem
    alimentando o maldito mito que existe merdalher exceçao, só vao
    encontrar merdalher maldiçao, e vao acabar tomando um DIVINE BITCHES no
    rabo ( vide site divine bitches ). Se é isto que vocês querem, problema
    de vocês, CUCK BOYS, agora nao paguem de homens honrados, porque homens
    honrados nao fazem isto!

    ResponderExcluir
  4. Ehhh, eu visitei esse site e me embrulhou o estomago, não queria estar na pele desses cuck boys..kkkkkkkkk... Não devemos explicar pra essas misandricas que o pensamento delas eh misandrico.. Eh perda de tempo ficar explanando aqui e pegar cada trecho do que ela falou e tentar enfiar o raciocinio na cabeça de ameba delas.. Explicar e ainda desenhar pra ver se ela entendeu.. Vamos parar com isso, ja'!! Ate porque elas não querem entender, e nunca entenderão.. Parem de ficar perdendo tempo com essas daih!!
    Agora, mudando um pouco de assunto, queria saber do Emerson.. Que historia eh essa de Matriarcado gnostico Hiperborico Vegan.. Soh entendo que vivemos na Era de Kali.. E a Era Hiperborica se encerrou a bilhões de anos! Isso de acordo com os ensinamentos do Patriarca Gnostico da Era de Kali..-Samael Aun Weor !!

    ResponderExcluir