O medo de falhar e a insegurança dos novatos.

Por Eagle Watch

Seguindo a idéia do tópico do Ulysses na questão de contribuir mais ativamente para com a real, vou colocar (ao menos tentar colocar) umas idéias que nos últimos dias venho pensando. Segue abaixo o texto:

Sem dúvida, o medo de “falhar” em seguir à risca a teoria da real, arrebenta com a maioria dos novatos.

É interessante que após dias analisando as questões que envolvem a matrix, seja ela a social, a política, ou qualquer outra variação da mesma, tendo por base principalmente o fórum que participamos, cheguei a uma conclusão. Os novos guerreiros da real em sua maioria estão piorando depois de conhecer a real. Antes que já olhem para mim com rifles e submetralhadoras, isso não tem nada a ver com os membros antigos, aqueles como o Doutrinador, Silvio, Nessahan Alita entre outros que passaram e passam um bom tempo se dedicando a auxiliar a paspalhada a dar um jeito na vida e pararem de agir como bundões. Isso tem a ver com a incapacidade de absorver a coisa como se deve. Vejo que muitos novatos têm uma necessidade de que lhes mostre a direção o tempo todo. Como querem crescer, desenvolverem-se seja do cunho intelectual ou físico, se não têm coragem o suficiente de bater de frente com a realidade?





Ninguém foi lá no ouvido do Doutrinador e falou “amigão, as coisas são X, você vai agir Y para que atinja Z”. Não é à toa que os mais velhos dão conselhos para os mais novos. Os caras têm vivência de vida. Os caras enfrentaram e enfrentam os seus problemas e tão na luta diária. Por mais que acredito que seja bacana e até honrado pedir ajuda quando não se sabe o que fazer, isso não pode tornar-se hábito. Fico observando, a situação é similar àquela de um amigo folgado que pega uma carona com você, de repente o cara já te coloca na função de pai/mãe dele mesmo e acha que você tem que passar a dar carona todo dia. Ninguém vai fazer a sua prova de vestibular. Ninguém vai enfiar o seu pinto dentro de uma vagina para você. Ninguém vai vencer na vida para você. Você é o instrumento único do seu próprio destino.Se você age como um bundão, não espere ser um cara de sucesso. Se você age como uma anta, não espere ser tratado como um cara intelectual ou maduro o suficiente para ver as coisas como elas são.

A falta de bom senso para mim é de longe a grande adversária do guerreiro da real inexperiente. Os caras de repente saem polarizando tudo. Se a menina sorri para ele, o cara já está automaticamente processando aquilo como um sinal de que ela quer pegar você para miguxo e encher seu ouvido de merda, te seduzir e conseqüentemente te fazer voltar para o início da matrix, onde ele deitava sonhador em sua cama pensando em montar família com uma menina com a qual você não comentou nem se quer como está o tempo lá fora. PORRA? Acho que ninguém precisa ter PhD em Nessahan Alita para ter noção de como agir em uma situação cotidiana. Como os antigos sabiam como agir mesmo sem Nessahan Alita? 




Sua feminazi! Eu não vou ser seu miguxinho de merda!


Eles tentavam. Erraram? Porra, com certeza. Até erraram mais do que acertaram em muitos casos. Porém eles se levantavam sozinhos. O discurso do Rocky muitas vezes postado aqui é a perfeita descrição do que é viver. Vão tentar te derrubar, cabe a ti e só a ti mesmo saber como se levantar.

Se os novos guerreiros ficarem com medo de se ferrar, não vão vencer nunca. Não dá para ser perfeito o tempo todo. Todo cara que está aqui, mesmo estando dentro da real com certeza terá um dia que a matrix vai bater na porta MESMO. Só que, é aqui onde você bicuda a sua porta em cima dela. 

Tá na hora de muito camarada aqui parar de achar que se você dá uma fraquejada (leia-se controlada, engravidar uma mãe solteira por exemplo, você é pior que todos os matrixianos juntos, pois tinha, ou menos deveria ter mais consciência que a esmagadora população masculina) automaticamente você não é mais um guerreiro, todo o seu trabalho foi para o ralo. Não porra. Só aprenda a não fazer a mesma cagada duas vezes.

A mensagem que eu quero passar é similar ao tópico do Darth Silva. Vão para a guerra e voltem vitoriosos. Aprendam a ter mais pulso firme. Ser homem não significa só ter um pinto no meio das pernas. É agir como um. 

Então, vivam essa merda direito e parem de ficar cheios de viadagem. Se preferirem ficar cheios de viadagem, que fiquem. Mas, fiquem em outro lugar, porque a real não é para você. 

Eu também sou novato, mas essa é a minha opinião com relação os caras que estão na mesma situação que eu, começando. Vou dizer que a real realmente salva vidas. Comparar o que eu era e o que sou hoje, mesmo com pouco tempo de casa, já melhorei demais e tem um espaço gigantesco para melhorar. Por fim espero que os guerreiros novatos ao lerem isso daqui, também passem a ter mais uma motivação para continuar com a real. Salve confrades! :soldado:





2 comentários:

  1. salve salve....a real é para poucos! mas deveria ser para todos!

    ResponderExcluir
  2. Texto foda, relata a vida "Real" mesmo.  parabéns

    ResponderExcluir