Conheci a real antes de namorar, e agora?

Para começo de conversa, o título parece um pouco imbecil não é mesmo? Até porque o cara nunca namorou e teve a sorte que a maioria não teve, de conhecer a real antes de enfiar de cabeça em um relacionamento mais sério. Sendo assim, ele não deveria estar preocupado, muito pelo contrário, ele deveria estar tranquilo e tá tudo muito bonito, certo?
ERRADO. É aqui que mora o perigo.

O fato de conhecer a real antes de ter um relacionamento mais sério, digno de “mudar o status do Facebook/Orkut” para os matrixianos, pode até mesmo ser mais perigoso do que já estar em um relacionamento. Afinal, não existem parâmetros próprios. Você vai comparar esse atual relacionamento com o que? Não tem com o que comparar. É a mesma coisa de se entregar um rifle de longo alcance na mão de quem nunca atirou com nada na vida. A tendência é dar errado.

Sempre fui a favor de que, a melhor experiência é aquela que a pessoa vive. Por mais que você, guerreiro da real, leia relatos, textos, livros, artigos, notícias, filmes, nenhuma dessas informações será TÃO valiosa quanto àquela que você participa ativamente.

Sem meias palavras, apenas ENTENDA. Você vai ter que por a mão na massa camarada. O seu serviço sujo de alguma forma ou de outra vai acabar tendo que ser realizado. Claro, tenha bom senso. Ninguém aqui está falando para engravidar uma mãe solteira, mas, é impossível ser um robocop e não deslizar em nenhum momento, ainda mais sendo inexperiente.

Muitos acreditam que sua pose de vencedor, seu carro na garagem, seu salário de cinco mil reais são técnicas infalíveis. Não, eles não são. Esses fatores só são úteis enquanto não aparece ninguém melhor. A hipergamia feminina é extremamente fria e cruel.

Citando o confrade Don Vito Corleone do fórum HH:

“Se você é bonito, elas vão achar que você deveria ser bonito + bombado;
Se você é bonito e bombado, elas vão achar que você deveria ser bonito + bombado + Rico;
Se você é bonito, bombado e rico, elas vão achar que você deveria ser bonito + bombado + Rico + Famoso;
Se você é bonito, bombado, rico e famoso, elas vão achar que você deveria ser bonito + Bombado + Rico + Famoso + Cafajeste”.

Elas não estão ligando se o homem vai se sentir um bosta por ser trocado pelo bonitão ali da esquina. Aliás, elas vão se sentir melhor em saber que você está na pior. Então, para ao menos “suavizar” alguns erros que naturalmente vão acontecer, enumerarei alguns pontos importantes a la Clube da Luta.
1º)Não mencione a real. Não tente doutriná-la. Isso é conhecimento seu e APENAS seu;
2º)Não mencione a real. Não tente doutriná-la. Isso é conhecimento seu e APENAS seu;
3º)Não mencione a real. Não tente doutriná-la. Isso é conhecimento seu e APENAS seu;

1, 2 e 3 (sim, TRÊS vezes): A real é como se fosse uma 12. Faz um rombo no peito de manginas, matrixianos e na vadiagem feminina. Se você sabe disso, por que dar a oportunidade para alguém utilizar a sua própria arma contra você?
TUDO serve de argumento (mesmo que não tenha a menor lógica) para esses grupos que citei.

4º)Não seja uma anta, não namore a primeira “metida a exceção” que você achar na rua;
5º)Não é porque ela é sua namorada e você é um guerreiro da real, que automaticamente ela se tornou uma mulher honrada;
6º)Jogos acontecerão. Tenha pulso firme. Tenha calma. Seja viril e não um imbecil descontrolado;
7º)Desapego. Ela pode ser a mulher mais gostosa que você já comeu na vida, mas, não dê seu sangue por quem não vai dar nem um fio de cabelo por você. Esteja pronto para o pior sempre;
8º)Se acabar, ACABOU. Nada de ir, voltar, e ir, voltar. Indecisão é para frouxos, se chegou a acabar é porque já deu o que tinha que dar, isso sem contar o desgaste desnecessário envolvido.

Tenha atenção e responsabilidade na hora de se relacionar com uma mulher. Você não achou o seu pau no lixo e um pouco de dignidade não faz mal a ninguém. Não faça papel de palhaço se teve a oportunidade de conhecer a real com antecedência, honre suas bolas.

1 comentários:

  1. 1º)Não mencione a real. Não tente doutriná-la. Isso é conhecimento seu e APENAS seu;
    Vale a pena repetir umas mil vezes...

    ResponderExcluir