Descobri a Real já casado/namorando! E agora? (Parte 2)


Confrades, vocês já aceitaram a obscuridade de suas esposas,e já avaliaram friamente a força da Sombra dela. Chegou o momento de decidir o seudestino, então.

Se a Sombra dela ainda não a dominou completamente, NessahanAlita e as práticas de alguns de nossos autores podem representar uma daspoucas esperanças que você tem de manter sua união sem jogar sua masculinidadeno lixo. E atingir o que é possível de felicidade dentro dela.

Desenvolva-se enquanto homem em todos os setores e retome aliderança de sua relação. Eis tudo.
Ao se submeter a sua mulher, você perdeu seu valor enquantohomem, e a Sombra só respeita quem é superior. Melhore seu corpo, invista emsua aparência, invista em sua profissão (ou mude de ramo, se está estagnado emseu campo atual), melhore seus conhecimentos, reestruture suas posses. Aomelhorar seu valor pessoal, poderá conquistar uma posição que satisfaça ahipergamia de sua mulher, e magicamente (para os que não conhecem a Real)reacenda a paixão dela.

Não se engane! Isto não acontecerá repentinamente, e aresistência será grande! Ela irá resistir, você se surpreende com isto? Nãodevia.

A Sombra sabe que com seu valor masculino ampliado, aschances de outra Sombra o considerar desejável e outras mulheres se insinuarema você são altas, e a Sombra não deseja perder seu marionete. Ela reclamará, otachará de egoísta, dirá que você não a ama mais, alegará que você tem umaamante, e que você está melhorando para outra mulher, dirá entre lágrimas que “elate ama exatamente como você é”. Imunizem-se contra tais protestos, demonstrem(sem ficar discursando sobre isto, seu bundinha) vantagens que ela terá por terum homem melhor, e não arrede pé nem um milímetro de suas mudanças por ela.

Quanto a liderança, a única maneira de manter todas as facesda sua mulher (a Sombra, inclusive) satisfeitas é ter a percepção que vocêNUNCA FOI TOTALMENTE CONQUISTADO. Você deverá dar a palavra final nasdiscussões, pedir conselhos a ela SE forem necessários, puni-la se eladesrespeitar sua decisão, mas reconhecer – eventualmente – a obediência dela;deverá identificar problemas e se antecipar para as suas soluções, mas deixarde lado aquilo que forem problemas apenas para a cabecinha superficial de suamulher.

Deverá não falar demais, não se justificar demais, não sehumilhar quando errar, lembrando que VOCÊ É O PRÊMIO, que suas palavras, seusorriso, seus presentes não vem de graça, que ela deve fazer por merecer, e quevocê reconhece seus erros porque é honrado, e não para conformar o ego dela; deveráter suas próprias atividades sociais sem a presença dela, e conceder o mesmodireito SE as amizades e o ambiente forem convenientes e SE ela mostrar que temresponsabilidade para aproveitar isto. 

Deverá ser o espelho das atitudes dela, tratando-a comcarinho e paixão, premiando seu bom comportamento sem exageros, e a tomando nosexo com firmeza e furor, e a desprezando friamente no mau comportamento,deixando clara sua insatisfação, e punindo com firmeza e criatividade as faltasdela. 

Nessahan Alita tratou longamente em sua obra de como selidera de forma protetiva uma relação. Estes conceitos fazem parte doque considero o principal, mas ler e exercitar o conteúdo dele será essencial neste passo.

Quanto mais distante do modelo de Liderança Protetora vocêestiver, maior será a resistência da Sombra dela em lhe dar o controle. Esperepelas armas mais sujas. Lágrimas, vinganças, lamúrias, indiferença, histeria,chantagens. Não se polarize nem no rigor nem no carinho. Aja conforme ela age,sem ceder, mas premiando e dizendo o motivo do prêmio. Condicione. A Sombradela é selvagem, e deve ser tratada como um filhote sem domesticação. Se elapersisitir no mau comportamento, deixando margem para dúvidas e indecisões,decida você, lance mão de ultimatos... e cumpra as punições por descumprimentosem hesitar.

Você sofrerá por achar que está punindo a mulher que você seapaixonou, mas você está doutrinando o monstro que está dentro dela. Não seesqueça disto. E nunca, NUNCA, demonstre este sofrimento a ela.

Com o tempo, SE você avaliou o poder da Sombra delacorretamente, o mau comportamento irá se reduzindo. Mas para não lhe deixarmuito feliz, advirto: as reclamações NUNCA irão parar. É o jeito da Sombra delatestar se você continua forte. Ignore ou repreenda... e siga em frente. Enxerguea satisfação dela no jeito que ela te trata: ela passará a lhe fazer o que vocêprecisa sem que você peça, será mais ardorosa com você no sexo (não esperemilagres e sim melhoras – o casamento não é o ambiente ideal para sexo farto!),será mais carinhosa e o elogiará mais publicamente. Da mesma forma que você nãocederá às reclamações, não amoleça com elogios, seu tolo! Alguns deles TAMBÉMSERÃO UM TESTE!

Confrades, contudo digo: a minoria de vocês, casados, chegaráa este patamar. A minoria dos homens casados conseguirá domar a Sombra desua mulher. A sociedade dá tantos estímulos para o Lado Obscuro delas quemuitas simplesmente preferirão o divórcio a se submeter a você. Se istoaconteceu, sua paixão fez você avaliar ERRADO a força da Sombra dela. Se istoacontecer, volte ao meu texto e leia sobre o que fazer se a Sombra dela forindomável.

Mas há esperança. Em nosso mundo moderno, ela é frágil evacilante, mas existe. Mas a coisa que qualquer homem tem que manter em foco, éque só há esperança de um homem ser um Homem dentro de um casamento, se o focoda mudança ser VOCÊ. Mude por ela, e colocará o processo todo a perder, porqueela perceberá isto, e se manterá indisciplinada. Cuide de você para cuidar dosoutros. Salve a si mesmo para depois pensar em salvar os outros. Seja forteprimeiro, para que sua fortaleza possa proteger os merecedores.  Seja o homem de sua casa para que você possa aproveitaros benefícios de ter uma mulher de verdade em sua casa.

Falarei das decisões a tomar que restaram se sua esposa foruma exceção relativa, e quando a Sombra dela for indomável, no complementoseguinte e final.

Força e Honra!

1 comentários: