Como sair da Matrix?

Por William Wallace



Nobres confrades.

A saída da matrix não é uma tarefa fácil. Sabemos que a Real é para poucos, contudo, podemos utilizar de algumas estratégias para conseguir êxito.

Para ajudar novos membros a saírem da Matrix, exemplificarei por meio da “teoria da curvatura da vara”, a qual Demerval Saviani utilizou no intuito de fazer uma transição da educação tradicional para uma educação crítica.


Ela diz que, quando uma vara está torta e a gente quer consertá-la, não basta endireitarmos, porque assim ela voltará pro lado errado. Se a gente quer deixá-la reta, devemos curvá-la para o lado oposto, assim ela ficará no meio.

A Matrix é a mesma coisa. Quando a vara está voltada para o lado da Matrix, não podemos apenas buscar um meio termo, pois acabaremos, fatalmente, voltando para o lado da mesma. É preciso ser mais incisivo, mais radical, é necessário que realizemos uma mudança drástica para que não corramos o risco de voltar à Matrix.

Para conseguirmos sair da matrix é preciso que mudemos de postura radicalmente, pelo menos temporariamente, pois assim colocaremos as coisas no devido lugar com o tempo, encontrando oequilíbrio.

Não adianta buscar uma mudança com medo de efetivamente mudar. Quer se livrar dessa Matrix que te consome e te faz sofrer? Então esquece que a gente pode se acostumar mesmo com o que faz mal e corta tudo de vez. A abstinência nem dura tanto, e imediatamente você pode enxergar tudo que estava na cara, pra quem quisesse ver: estar preso nessa situação significava apenas medo, não mais que isso.


E se a vara quebrar na minha mudança de lado?
Depois que você assumir suas convicções de sair da matrix e virar a vara pro lado oposto, e se ela quebrar ou voltar pro meio, estará no lucro, a certeza de que não volta pro outro lado já faz tudo valer a pena.

Força e Honra!

0 comentários:

Postar um comentário