Homens sensíveis

Por Sabretooth

Mais um texto perdido da primeira mgbh! Desconheço o autor pq ele havia deixado a comunidade (e antigamente quando um membro saia de uma comunidade suas postagens tornavam-se anonimas...) e é mais um material que resgatei do limbo. Bom proveito.

Homens sensíveis

Os homens estão românticos, são "sensíveis", não pode falar mal das mulheres, não pode falar mal das crenças dele, não pode falar mal do time dele, do país dele, da vida estúpida e medíocre em que ele vive.

Não pode, onde já se viu?
Questionar mulheres?
Questionar crenças milenares?
Questionar nacionalidades?
Não pode!

Os homens atuais estão muitos "sensíveis", não pode falar mal de nada, toque em qualquer coisinha deste homem, e ele vai chorar, vai espernear como uma criança mimada.
Esse é o resultado da "sensibilidade" feminina, da "romantização" psíquica, onde nada pode ser questionado, quem questiona algo, seja a mulher, sejam times de futebol, sejam religiões, logo são taxados de "perturbadores" da ordem.

Mas que porra de "ordem" esse homens "sensíveis" estão criando nesse mundo?
Se matando por mulheres, por crenças idiotas, por times de futebol, e por um pedaço de pano pintado?

Que porra de homem "sensível" é esse que se esta criando?
Que merda de homem é esse que se fica "afetado" quando se questiona seus apegos?
Isso é homem, ou é uma pseudo-mulher?
Que me perdoem as mulheres, porque elas, pelo menos, não são homens.
Ou são melhores que muitos homens sensíveis?

1 comentários:

  1. Texto complementar sobre o assunto: http://www.oindividuo.org/2011/03/29/homens-sensiveis/

    ResponderExcluir