Este é o seu caso? Deja vu?

 Nota 1: Esse texto publiquei no meu blog  que se tornará mero repositório de textos ou backup, diante de tantas baixas e mudanças siginificativas vou tentar contribuir com a Real escrevendo na medida do possível neste local em que me foi dada essa oportunidade, confesso que o aprendizado é revolucionário pelo menos para mim está sendo, eu aprendo muito coisa lendo ótimos textos  e relatos de guerreiros. Eu já li o Nessahan, a obra toda umas dez vezes e The Truth algo em torno disso, o inconsciente se modifica e sua consciência começa a refletir novas reações e posturas comportamentais. Tive contato com a literatura PUA ela nao oferece significativas mudanças no ego ou eu interior essa é a minha experiência e relato.
 
Vivemos numa era final das relações de gêneros duradouras; a tolerância entre os gêneros está se tornando impossível porque as mulheres destruíram todos os valores de coesão e sanidade que faziam das relações algo bom e saudável, o prazo de um relacionamento dura entre dois meses a um ano; um ano atualmente é muito, mas muito tempo mesmo.
Os relatos realísticos (fóruns de debate) daqueles que tem enfrentado problemas nos relacionamentos provêm da não cognição entre teoria ( literatura realistica) e prática e ou comparação com experiências anteriores e presentes não há uma correlação que deixe a compreensão fluir, que promova a identificação das causas sentimentais e seus nexos. Os mais apegados estão ansiosos e desorientados buscando uma solução rápida para seu tormento e incompreensão, lhes adianto que não há fórmula, senão eu haveria patenteado (rsrsrrs).
A fêmea moderna desde sempre ou muito jovem se especializa no lado obscuro e vira uma hábil profana com o decorrer da promiscuidade e jogos emocionais, a sedução para ela é uma arte, é um poder, uma habilidade que lhe gera satisfação pessoal e afirmação megalomaníaca.Elas brincam com os sentimentos dos homens, é algo corriqueiro, como se fosse um passeio pelo shopping, uma ida ao salão de beleza. Essa é a tal intensidade que tanto buscam, amam a dificuldade da conquista e desafios, são escravas de tal busca, a errância e sexo banal giram em torno disso. Elas jogam com vários homens ao mesmo tempo, a juventude é um tabuleiro do ego. As mulheres mais honestas sentimentalmente da atualidade são aquelas que dizem diretamente que não sentem e nada querem com você e aquelas que vendem o sexo, as primeiras desapareceram, há mais de uma década que não ouço ou presencio isso.


Os machos desavisados são engolidos e amarrados facilmente criam-se verdadeiras máquinas dentro da mente masculina que trabalham entorpecendo toda a racionalidade, estes dizem que mesmo após terem feito sexo, escutado tudo o que ela tinha para dizer ela me deixou, às vezes fala comigo, foge, me telefona etc, existem ainda os platônicos por escassez e ignorância que se apaixonam sucessivamente por diferentes mulheres.


Isso cria uma ebulição de emoções no macho, é a máquina da obsessão passional que provoca, baixa estima, esperança infinita, ódio, raiva, amor romântico, idealizações ilusórias, desejo de continuidade acerca de quaisquer tipo de comunicação, é uma rejeição não declarada, implícita que pode ser revertida a qualquer tempo porque não há certeza definitiva ( cria-se essa expectativa indefinida,falsa esperança). A fêmea jogadora adora ver o macho nesse mar revolto; sim elas são sádicas e querem perpetuar a expectativa, a dependência emocional nesse pobre ser que ficou de quatro, o deixam em “stand by”, porque no entendimento delas você é controlável, virou um brinquedinho submetido a um controle remoto emocional.

Enquanto isso ela continua sua busca por emoções com vários outros homens, você foi mais um vencido na lista extensa dela, que currículo elas devem ter dentro do ego delas; um dia a intensidade se torna rotina, a brincadeira vira cinismo e a depressão nasce como um gêiser dentro delas.

Soluções: cortar todo o contato com a fêmea, mudar de telefone, apagar ou excluir msn, bloquear a rede social. A segunda tentar promover a aplicação da teoria com a prática identificando as sensações e emoções com a experiência, testes seus limites, vislumbre cognição se assim conseguir ou volte para a primeira solução; mas se você sucumbiu a paixão tente encará-la como um treino porque esse jogo dificilmente será revertido, ficar num transe de submissão e manipulação emocional auto-sugestiva em parte e por provocação eventual não é salutar. Nessanhan foi claro que os conhecimentos descritos nos livros requerem disciplina, determinação e critérios de adaptação e conveniência em sua utilização e aplicação, você decide seu caminho, o conhecimento e a compreensão libertam.
 
Nota 2: A Real não é isso:  aprender a  conquistar uma fêmea pela qual você está apaixonado ou aprender técnicas de sedução; isso não é a Real.  Perceba a mudança quando você enxergar e sentir tais transformações em seu EU, é uma consolidação do aprender e saber , haverá uma nova visão dimensional na interpretação das relações de gêneros  os significados incorporados virão até sua consciência, dedique-se mais guerreiro isso vai acontecer, seu cérebro funciona, tenha disciplina e leia muitas vezes e sem ansiedade, você colherá esses frutos: segurança, confiança, autodominio, independencia em relação ao sexo oposto etc.

1 comentários:

  1. Acho que é "baixa auto-estima" e não "baixa estima". De resto o texto é muito bom.

    ResponderExcluir