Destruindo uma falácia: "inteligência emocional".

Somos melhores que as mulheres em tudo. Força, inteligência, resistência, coragem, criatividade, trabalho em grupo, dinamismo, empreendedorismo, bom humor, enfim, em todos os aspectos. Essa verdade está na cara de todo mundo. As pessoas não comentam porque este pensamento é politicamente incorreto. Afinal, pensar que homens são melhores em absolutamente tudo rebaixa as mulheres. Mas não tem como negar: os fatos, tanto ao longo da história como nos dias atuais, provam que nós somos superiores.

Às vezes, quando jogamos isso na cara delas, algumas ficam ofendidinhas e dizem: "Se casa com um homem, então!". Eu costumo retrucar: "não, obrigado. Penetrar mulheres me dá mais prazer! Neste ponto, tenho de dar o braço a torcer, porque vocês são melhores, heheheh".

Mas, voltando ao assunto, o politicamente correto não poderia deixar por menos. Para compensar a inferioridade feminina, inventaram uma mentira: "inteligência emocional". Se os homens esmagam as mulheres em todos os aspectos, isso não os torna superiores por um motivo simples: as mulheres possuem maior "inteligência emocional" (tenho de segurar o riso quando ouço essa asneira).

Alguém aí sabe dizer que raios é "inteligência emocional"? Se eu iniciar um debate sobre o assunto, ouvirei 100 pessoas dizerem 100 respostas completamente diferentes umas das outras. Por que isso acontece? O problema é que o conceito de "inteligência emocional" (como tudo que é criado pelo politicamente correto, diga-se de passagem) é extremamente subjetivo, abstrato, obscuro! Apenas os grandes mestres, os gurus do politicamente correto poderiam definir com precisão o que seria "inteligência emocional". Engraçado que quanto mais eles explicam, menos as pessoas entendem alguma coisa.

De qualquer forma, a "inteligência emocional" foi criada para deixar as mulheres mais felizes e menos chateadas com a sua condição inferior. Por "inferior", subentenda-se inferior em HABILIDADES. Não estou dizendo que as mulheres sejam inferiores como SERES HUMANOS, é bom que isso fique bem claro!

O que é "inteligência emocional" então? Por inteligência emocional, subentende-se a capacidade de entender o que motiva as pessoas a agirem de determinada forma (e, consequentemente, usar essas informações para MANIPULAR). Por "inteligência emocional", subentende-se a capacidade de "conversar com o subconsciente emocional" das pessoas (com a finalidade de MANIPULAR!). Um exemplo prático de inteligência emocional é a arte da decoração, do design, das artes (por acaso, eu já falei em manipulação?).

Resumindo: a "inteligência emocional" é a capacidade de MANIPULAR os outros em PROVEITO PRÓPRIO (nunca reparou nisso, imbecil?). E, na arte de MANIPULAR, realmente, as mulheres são MESTRES! Elas ganham de GOLEADA dos homens quando falamos em MANIPULAÇÃO EMOCIONAL!

Bem, dizer que as mulheres são superiores aos homens na arte da manipulação, até aí concordo. Agora, vir com este PAPO FURADO de chamar a capacidade manipulativa de "inteligência emocional" é de doer os bagos! Inventaram isso só para as manipuladoras parecerem menos vadias? Inventar nome bonitinho para falta de caráter é hipocrisia! É MANIPULAÇÃO (ou seria "inteligência emocional"?)!

Mulheres manipulam as pessoas em proveito próprio! Manipulam namorados, maridos, miguxos, manipulam outras mulheres (sim, algumas conseguem tal proeza!), seja em proveito próprio, ou simplesmente, para destruir a reputação de alguém! Quem nunca foi vítima da difamação promovida por uma ex atire a primeira pedra (não em mim!).

A arte da manipulação não é simples. Por exemplo, para manipular, a mulher precisa parecer inofensiva! Isso se consegue criando a imagem social da mulher pura e indefesa. A mídia e o politicamente correto têm cumprido bem este papel!

A manipuladora precisa dar uma ideia de mentalidade confusa! Além disso, precisa desenvolver um pouco de psicopatia. Afinal, manipular não é um comportamento exatamente ético. Para a pessoa manipular e ficar em paz com a própria consciência, um pouco de psicopatia cai bem!

Mas a psicopatia não serve apenas para lidar com a própria consciência. Serve também para camuflar os próprios erros perante o círculo social.

Espero que você não caia mais no conto da "inteligência emocional". Espero, também, que você aprenda a desarmar a "inteligência emocional" delas. Até a próxima!

9 comentários:

  1. Se alguém escreve sobre motores de carros o mínimo que o cara tem que fazer é ler um manual ou livros sobre motores de carros. E o texto se for escrito por um engenheiro mecânico seria um texto com mais credibilidade ainda. Agora eu te pergunto: quantos livros sobre inteligência emocional você leu??? Qual sua área de formação pra ter credibilidade pra falar sobre esse assunto? Vc é psicólogo ou filósofo? Se sua resposta for não pra todas as respostas já dá pra saber pq seu texto é fraquíssimo (pra não dizer lixo total)

    ResponderExcluir
  2. Rodrigo Alves de Vasconcelos6 de setembro de 2011 11:08

    E se o autor tiver respondido SIM para todas as perguntas? Aí todo o seu comentário automaticamente se tornaria ESTRUME, pois você usou de argumentos AD HOMINEN, atacando a imagem do argumentador ao invés de rebater os argumentos listados. Favor refutar o texto em si da próxima vez, se o senhor for capaz.

    ResponderExcluir
  3. Fora que grande parte da tal "habilidade de manipular" tem origem nos preconceitos da sociedade em relação a uma suposta figura de mulher frágil e inofensiva. Se toda a sociedade fosse informada do lado obscuro da mulher, a tal da "inteligência emocional" iria toda pelo ralo. Sem contar que não se trata de inteligência, pois inteligência pressupõe que você controle o conhecimento. A "inteligência emocional" das mulheres é predominantemente instintiva, ou seja, não é fruto de um esforço, e sim de um impulso emocional.

    O que de fato existe é que as mulheres são MAIS IMPULSIVAS que os homens. Como os IMPULSOS EMOCIONAIS não exigem organização lógica de idéias, eles são mais velozes que o pensamento racional do homem. Essa velocidade é apenas usada para fins de verborragia e infernização, na maioria das vezes. Conheço uma promotora que defende crianças e adolescentes e realiza muitos debates orais. Ela decora os argumentos e usa dessa velocidade para intimidar no debate. Seria bom que mais mulheres usassem seus instintos para o bem, como essa promotora.

    ResponderExcluir
  4. Excelente texto. Todas as mulheres se baseiam na emoção, certo e errado para elas não tem a ver com racionalidade e sim como aquilo afeta o seu emocional. Por isso que elas são tão manipuladoras, nunca assumem a culpa de nada, ja viram mulheres que traem seus maridos assumirem a culpa? Logico que não, sempre será culpa do homem que não deu atenção, carinho... etc.
    Mulher manipula os outros atraves do vitimismo. Podemos ver essas feminazis manipulando tudo que  é tipo de pessoas, governos...com seu vitimismo interminavel, mulher já tem mais direito que os homens e elas querem mais e mais.
    Mas infelizmente existem poucas pessoas com inteligencia suficiente para enxergar a verdade sobre isso.

    ResponderExcluir
  5. Inteligência emocional é o cúmulo do absurdo, emoção não tem e nunca terá nada a ver com inteligência que é algo totalmente racional... (inteligência = razão > emoção)

    Quando é alguém do sexo masculino temos um manipulador, safado, sem-vergonha, etc.
    Quando é alguém do sexo feminino: aí temos uma "intelectual emotiva".

    ResponderExcluir
  6. Vou responder suas perguntas:

    1 - Já li Esther Villar, Schopenhauer, Martin Van Creveld, Nessahan Alita, etc.
    2 - O que tem de gente formada e incompetente por aí não é brincadeira. Formação acadêmica não significa nada. O que vale, mesmo, é quem possui maior senso de realidade.
    3 - Psicólogos, em sua maioria, são imbecis. Não sou filósofo.
    4 - Você tem o direito de achar o meu texto um lixo. Mas, se não é capaz de apontar argumentos que sustentem sua opinião, você vai parecer apenas um pobre coitado tentando me atingir (acredito que você seja mulher).

    Saudações.

    ResponderExcluir
  7. O texto faz sentido de falarmos de emoção, pois as mulheres são boas reconhecedoras da emoção e gostam de maipular mesmo, mas se for sobre inteligência emocional pode realmente está meio equivocado. Mas eu gostei do texto.

    Emoção é a base da inteligência. Homens sem base emocional são os chamados psicopatas. E outra coisa, fizeram uma pesquisa e os homens que tinha pouca base emocional foram os que mais erraram na hora de decidir situações importantes.
    Inteligência emocional está ligado a auto-controle emocional, ou seja pode existe mais homem com inteligência emocional do que mulheres.
    Inteligência emocional está ligado tbem a reconhecer as emoções de forma consciente. Mulheres percebem emoções mais de forma inconsciente. É um mecanismo que elas tem pra perceber homens frustrados, fracassados, etc. E reconhecer homens protetores e confiantes.

    E outra coisa inteligência não é só resolver cálculos matemáticos, inteligência é a capacidade de resolver problemas, seja números, linguagem, uma luta, uma peça teatral, uma música. 

    Arnold Swaznegger  é um cara super inteligente, mas é uma inteligência chamada cinestésica. Procurem no google sobre inteligências múltiplas (ou múltiplas inteligências) pra vcs entenderem.

    ResponderExcluir
  8. kkkkkkkkkkkkk sempre aparece uma mulher desesperada aqui.

    ResponderExcluir
  9. Ataque à pessoa ao invés da idéia.... típico de feministas

    ResponderExcluir