As mulheres modernas são viúvas-negras

Homens são melhores que as mulheres em tudo. Eu já escrevi isso pelo menos uma dezena de vezes. Somos mais fortes, mais inteligentes, mais resistentes, mais saudáveis, mais criativos, mais talentosos, mais empreendedores, enfim, não existe uma única área em que possamos ser superados pelas mulheres. Aponte-me uma área em que elas se destacam, e eu apontarei um homem que dá um banho nelas, exatamente nesta área. Seria isso uma injustiça da natureza?

Uma vez, li um ateu dizer que a tremenda diferença entre homens e mulheres é prova da inexistência de Deus. Segundo ele, a extrema fragilidade feminina (uma injustiça, segundo ele) é prova de que o design inteligente é uma farsa. Realmente, a absoluta superioridade masculina aparenta injustiça. Mas é necessária. E o motivo é bem fácil de se entender.

Mulheres não se importam com a segurança masculina. Nós, ao contrário, nos importamos com a segurança delas. Nos importamos até demais! Valores como o velho cavalheirismo provêm, justamente, do instinto protetor masculino. Somos melhores que as em tudo justamente para oferecer a elas segurança e conforto! Oferecemos isso, em última análise, por um motivo especial: para que elas gerem (e criem) filhos fortes e saudáveis.

Elas, ao contrário, não ligam para a nossa segurança e conforto. A proteção feminina é direcionada apenas aos filhos. Por um filho, a mulher é capaz de matar e morrer, essa é a real. Agora, pelo homem, qualquer esforço sempre será demais! Elas, simplesmente, não vêem motivo algum para se preocupar com os nossos problemas. A velha história do companheirismo feminino é falácia pura!

Mesmo não se importando com nós, elas sabem que precisam da força de trabalho masculina para se manter. Em outras palavras: a fragilidade feminina cria dependência

Eu preciso segurar esse filho da puta pelo menos até a criança nascer!

Só nesta primeira parte, já deve ter ficado claro o motivo de sermos melhores que elas em tudo. A superioridade masculina serve para proteção à mulher, de forma que esta tenha condições de gerar filhos.

Mesmo assim, imaginemos que o contrário ocorresse. Imaginemos que as mulheres é que fossem as mais fortes, mais inteligentes, enfim, mais tudo! Você já parou para pensar o que ocorreria?

Não é difícil imaginar. Observe, por exemplo, as viúvas-negras. Ali, temos um exemplo do que ocorre quando as fêmeas são mais fortes. O macho passa a ter a única finalidade de copular, morrer e servir de comida para as crias. A participação do macho na continuidade da espécie termina ali!


Da mesma forma, na hipótese de termos fêmeas superiores aos machos, estes últimos seriam reduzidos a meros doadores de esperma. Toda a participação do macho na evolução da espécie se resumiria em copular e sumir. Seria provável, ainda, que as fêmeas dizimassem os machos ditos "inferiores", ou os reduzissem a meros operários assexuados. Apenas os machos "superiores" seriam usados para reprodução. É mais ou menos o que ocorre com as formigas e abelhas. Apenas a rainha e alguns machos podem copular. O resto vira operárias assexuadas, cujo único objetivo na vida é servir à rainha.

Este cenário pode parecer ficção científica, pode parecer filosófico demais. O que talvez você não tenha se dado conta é que este cenário é justamente o que estamos vivendo na atualidade. Este cenário das super-fêmeas está aí, na sua cara, e você talvez ainda não caiu na real!

Observemos o mundo atual. Cada vez menos as mulheres dependem dos homens. Cada vez mais elas são maioria nas faculdades. Cada vez mais elas tomam conta dos melhores empregos. 

Cada vez mais o estado procura oferecer segurança e conforto a elas! Veja quantas leis estão aí para proteger exatamente elas! Observe a quantidade absurda de políticas sociais criadas exatamente para assisti-las. As feministas, no passado, reinvindicaram direitos iguais. Hoje, elas já têm mais direitos que os homens. E continuam ganhando mais e mais direitos.
Na sociedade moderna, a fragilidade feminina não mais cria dependência dos homens. Se, antes, a mulher aceitava a presença masculina por necessidade, hoje, ela não precisa mais aceitar presença masculina alguma! Se, antes, ela selecionava homens dispostos a compromisso sério (e que proporcionassem proteção), hoje, o homem se tornou mero instrumento de lazer!

As mulheres de antigamente viam o casamento como algo a ser preservado pelo resto da vida. Elas sabiam que aquele sujeito era necessário para manter não só elas, mas também os filhos. E sabiam, também, que seria aquele sujeito que iria mantê-las na velhice. 

Nos dias de hoje, a mulher não precisa segurar casamento nenhum. E não segura simplesmente porque não precisa mais do homem. 90% dos divórcios são pedidos por elas, e a razão, para mim, está bem clara.

Mesmo nos casos em que ela não trabalha, ela pode, simplesmente, pedir judicialmente uma pensão para o homem pelo resto da vida e, assim, poder descartá-lo sem maiores problemas.

Imaginemos dois cenários. No primeiro, a viúva negra usa o corpo do macho para alimentar os filhotes. No segundo, o ex-marido é sugado mediante pensão alimentícia para a mulher sustentar os filhos (e a si própria). Pergunto: qual é a diferença entre os dois cenários na sua opinião?

Imaginemos outros dois cenários. No primeiro, operárias assexuadas sustentam a rainha, chegando a morrer, se necessário, para protegê-la. No segundo, a mulher tem um monte de miguxos que fazem de tudo para agradá-la, enquanto ela faz sexo com algum falastrão qualquer na balada. Pergunto novamente: você vê alguma diferença entre os dois cenários???


Nos dias de hoje, para as mulheres, os homens só têm duas finalidades: servir de "alimento para os filhotes" (da mesma forma que o macho da viúva-negra) ou se tornar miguxo assexuado e virgem que faz todas as vontades dela sem receber nada em troca (a exemplo das abelhas operárias). Pergunto a você: algum destes dois te parece interessante? Pois é, para mim, também, nenhum dos dois cenários parece agradável.

Resumindo o texto: as mulheres modernas não precisam mais de sua proteção

Você, homem, carrega dentro de si o instinto de protegê-las. Sugiro que você o faça morrer dentro de si! Ao invés de pensar em proteger as queridas mulheres, é melhor você pensar em proteger a si próprio! Pense em crescer, em se desenvolver, e dane-se o resto! Se torne egoísta! Isso vale, inclusive, para os religiosos!

E quanto às viúvas negras, elas que se virem com a independência delas! Deixe que elas se enforquem na própria teia que criaram!

6 comentários:

  1. Analogia perfeita! E digo mais: Deus criou a viúva negra para fazer você se lembrar o porquê não ha injustiças cometidas na natureza às fêmeas (sobre tudo às humanas) Analogia perfeita! E digo mais: Deus criou a viúva negra para fazer você se lembrar o porquê não ha injustiças cometidas na natureza às fêmeas (sobre tudo às humanas)

    ResponderExcluir
  2. segurança e conforto sei...  vcs reclamam é pq perderam a escrava ,pq n aceitamos mais servir de capacho,lavando,cozinhando,enquanto vcs ficam com o cu pro alto,fazendo porr.a nenhuma.
    mesmo q a mulher trabalhe e contribua com as despesas ,o homem inutil ainda acha q é a mulher q tem q ser escrava do lar. ele n deve move um palha pra limpar o proprio rabo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sou direto nao consigo falar como o bonito,,. se amulher nao quer fazer o serviço de casa,por que eu tenho que fazer.(nao foi que mandei ela trabalhar), nao trabalha fora os dois .contrata uma empregada e paga meio a meio. isto e independencia. eu trabalhava 16 horas por dia e minha mulher ficava em casa, ela quiz trabalhar deixei ela trabalhar na boa. nao sou machista. so que agora so trabalho 8horas e pago so 70por cento das dispezas da casa.(quem paga mais manda ne) .se ela quiser comprar uma casa e meio a meio. se ela consequir parar de gastar no cartمo. kkkkkk. viu nada de machismo ou feminismo. direito iquais. Bjos (novos homems)

      Excluir
  3. Acho que sou a única mulher que queria um homem pra me proteger então kkk. Quanto aos afazeres domésticos ele que pague uma empregada.

    ResponderExcluir
  4. Pare de falar besteira, as mulheres sempre foram poupadas do trabalho duro.

    ResponderExcluir
  5. muito bom!
    e essa diferenca entre o homem e a mulher foi feita por deus exatamente para que ambos se complementem,ja que se dois seres sao exatamente iguais,por haveriam de precisar um do outro?
    a burrice nao tem limites.

    ResponderExcluir