O "empreendedorismo" da mulher

Por Rus

Eu trabalho diretamente com abertura de empresas, aqui no escritório sou responsável por isso, e também já trabalhei com isso em outros lugares, então com essa experiência resolvi falar aqui um pouco sobre o empreendedorismo feminino.

Quase a totalidade dos contratos que passam pelas minhas mãos tem uma característica, sócios homens, ou quando mulheres são esposas, filhas, e demais parentes de um dos sócios.

Pouquíssimas foram as sociedades que eu registrei onde todas as sócias eram mulheres, e quando isso ocorre ou as atividades são “comércio de bijuterias”, “comércio de roupas femininas, e confecções” ou atividades ditas “modernas”, como marketing, recursos humanos, ongs e afins.

Aí vem minha colocação, um dos maiores chororôs das feministas é o fato de dizerem que mulheres não ocupam cargos de chefia em grandes empresas, porra elas não empreendem, e quando fazem isso estão quase que em 90% dos casos acompanhadas de um homem e querem cargo de chefia!!!
É muito fácil querer ser chefe de algo estabelecido, o difícil é criar algo e fazer crescer.

Pensem em quantas empresas hoje foram fundadas por mulheres? E também não adiante vir com conversinha de que os homens são opressores e não permitem que eu abra meu negócio, hoje qualquer um pode fazer isso, mas e a coragem?

E depois vem com a conversinha... Queremos cargo de chefia, e cotas para mulheres nas grandes empresas, PORRA.

Algum dos guerreiros depois se se foder abrindo um negócio daria a chefia para uma vagabunda? Ou algum inocente acha que uma feminazi de RH lhe daria um cargo de chefia, somente pela sua competência?

Por isso que eu digo, mulheres não tem capacidade para os negócios, pois querem tudo na mão, facinho.

1 comentários:

  1. Mandou bem! A muito compartilho dessa visão. Elas não empreendem e sem razão querem cargos de chefia. Não é interessante que só quando a tecnologia, que os homens desenvolveram, tornou as coisas mais fáceis foi que a mulher passou a exigir direitos de trabalhar em funções bem remuneradas? Mas ofereça um salário razoável para que elas entrem numa mina ou passem meses numa plataforma de petróleo, ou algo do tipo, então fique esperando, sentado ou deitado se preferir, vai pingar candidatas, algumas por engano ou total ignorância das funções darão as caras. Poucas fariam se dariam a esse esforço. Chega de alimentar tanta mentira, tanta inveja da soberania do homem nos meios de produção. 
    É ele quem se aventura e realiza o que precisa realizar para o seu sucesso. Está no seu DNA. Sejamos realistas.

    ResponderExcluir