Relato - Me ferrei, mas dei a volta por cima

Por Grande Nappa

Eu era um imbecil.

Conheci uma guria pela internet atravez de um amigo e comecei a conversar muito com ela. Na epoca, ela tinha 15 anos e eu 17. Conversava todos os dias com ela no msn, eu ficava praticamente o dia todo no pc so pra falar com ela, pois ela morava longe da minha casa e nao dava para nos vermos sempre. Um dia, marcamos de nos encontrar no shopping. Fiquei com ela, ai surgiu o pedido de namoro por parte dela, e como eu era estupido, acabei ficando todo babao e aceitando.

Os primeiros 3 meses de namoro foram muito bons, quase nao tivemos problemas. Eu era o tipo de namorado ''perfeito'', na minha cabeça, eh claro. Desde pequeno fui criado para respeitar e tratar bem as mulheres, entao eu achava que estava agindo certo sendo romantico, carinhoso, atencioso, bonzinho e etc. Voces entendem muito bem, pois acho que muitos aqui eram assim.

Tivemos um quarto mes de namoro um pouco conturbado por causa do ''melhor amigo'' (Leia-se AMANTE) dela que vivia jogando cantadas em cima dela. Ela eh uma rockeira, e esse cara ai eh um rockeiro que faz cover e toca guitarra. No quinto mes, eu descubri uma coisa, alias, eu confirmei as minhas suspeitas: EU ERA CORNO. Um dia fui me encontrar com ela, e ela estava toda fria, distante, com cara de cu arrombado e etc. Perguntei o que tinha acontecido, ela disse ''nada'', ai de tanto eu insistir, ela contou que deu pra outro. PORRA. Vivia me dizendo que queria perder a virgindade so depois de casar, e eu burro acreditei. Fiquei muito puto com aquilo e terminei o namoro na hora.

Fiquei sem comer uns dias, fiquei mal pra caralho, fiquei de DP em duas materias, perdi um emprego, fiquei desiludido, sem vontade de fazer nada, ate que o telefone tocou: era ela! Eu atendi, ela chorando me pediu perdao e tals, ai o IDIOTA AQUI aceitou voltar com ela. Ela tinha dito que estava arrependida e que tudo iria mudar, que tinha sido culpa da bebiba e um monte de merdas ai. Mas tinha algo errado, fiquei pensando nisso durante varios dias. Eu nao era o cara perfeito, como dizia ela? Porque ela fez isso? Eu precisava de uma resposta. Passei um dia todo sem entrar no msn, apenas no orkut procurando por comunidades ou pessoas que tinha sofrido o mesmo que eu. FOI AI QUE ENCONTREI ESSA COMUNIDADE.

Minha primeira impressao foi: '' Quantos machistas, PQP. '' KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK. Como eu era ESTUPIDO. Por curiosidade, cliquei no blog do Silvio e me surpreendi. Li varios e varios artigos dele, depois li o blog do Doutrinador, baixei os livros do N.A e conclui: ELES ESTAO CERTOS. Tomei a real em cheio no meio da fuça pra deixar de ser imbecil. Eu deveria ter terminado o relacionamento, mas eu ainda estava apegado e de que adianta ter o conhecimento teorico sem a pratica? Nao sou covarde! Nao iria fugir!

Com o passar do tempo, fui praticando o desapego, comecei com coisas basicas: menos tempo no msn, ligar menos vezes, encontrar menos e etc. Começou a dar certo. Comecei tambem a detectar os joguinhos emocionais dela e desarma-los. Botei em pratica todos os ensinamentos do N.A, Silvio, Doutrinador e dos membros da comunidade. Enfim, chegou as ferias e ela queria viajar pro Rio. Minha familia estava com problemas financeiros, entao eu nao pude ir, mas ela queria ir a qualquer custo e foi. Eu fiquei indiferente, falei pra ela ir mesmo.

Eu ja sabia de outra coisa, mas ela nao sabia que eu sabia: o ''melhor amigo'' dela estaria la no Rio. Eu seria corno denovo, mas eu nao estava nem ai, era a minha chance de me aperfeiçoar e aprender a ficar sem ela. Um dia fui pra casa de um amigo, ai conversei com ele sobre isso, pois ele tambem estava tendo problemas com a namorada e ja tava ficando doido e por coincidencia o pai dele ouviu a conversa. O velho entrou no quarto e disse: PAREM DE CHORAR POR CAUSA DE MULHER, VOCES SAO HOMENS, PORRA. ARRANQUEM ESSES CHIFRES E ENFIEM NO CORACAO DELAS SEM PIEDADE E CONTINUEM ESTUDANDO, MOLEQUES. SE PREOCUPEM COM O FUTURO DE VOCES, POIS NAO VOU SUSTENTAR VAGABUNDO E SEU PAI TAMBEM NAO VAI.

Ele saiu do quarto e nos dois fomos destruidos pelo velho. Minha ex ficou la no Rio durante 1 mes, e quando voltou, teve uma surpresa. Eu havia arrumado um emprego e tinha passado de ano na faculdade com notas excelentes no ultimo bimestre. Chamei ela para conversar e so falei que o relacionamento havia terminado. Ela tentou se fazer de vitima, chorou e o escambau, mas eu me mantive firme, frio, calmo e calculista nas respostas. Desmascarei ela o tempo todo na base da argumentaçao, meti a real nela dizendo o que eu pensava sobre ela.

Uma semana depois, ela me procurou, ignorei. Passei a ignorar completamente a existencia dela. Um dia no shopping, acabamos nos encontrando, ai ela veio falar comigo sobre arrependimento e etc. e os meus amigos perguntaram quem era ela, eu disse num tom de deboche e desprezo: Eh uma vadia que da para qualquer um em troca de um gole de wisky. Ela ficou branca, foi humilhada. Depois começou a me mandar mensagens desesperadas, dizendo que eu nao precisava ter humilhado ela daquela forma, que so queria conversar e bla bla bla... MANDEI PRA PUTA QUI PARIU. Nao sou mais otario.

E nao foi so essa, encontrei ela mais algumas vezes, e sempre tratei ela igual uma vadia com indiretas. Um dia ela me viu ficando com uma loira mais gostosa que ela e ficou morrendo de ciumes, chegou a me ligar mais tarde, mas eu atendi so pra ela gastar telefone e botei o celular na frente da caixinha de som, ela so ouviu o MJ cantando Billie Jean.

HOJE, QUATRO MESES DEPOIS, minutos antes de eu escrever isso aqui, ela me mandou uma mensagem dizendo que queria ''recomeçar do zero''. Nem respondi e nem vou responder, so apaguei. HOJE, eu estou fixado em meu trabalho, onde ja nao sou visto como um estagiario e sim como um funcionario (Com 18 anos), na faculdade (faço ADM) sou o melhor aluno da sala disparado, aparentemente estou melhor, espiritualmente mais desenvolvido e mentalmente mais avançado do que muitos bundoes da minha idade. HOJE, eu sou apenas eu, me importo comigo mesmo e com a minha familia e nao acredito mais em idiotices como o amor romantico. Estou focado no meu desenvolvimento pessoal e tenho tido muitos resultados.

Voces ajudam mais pessoas do que imaginam. Alem de mim, que voces nao conheciam, aquele meu amigo e um primo meu estao seguindo as dicas dos blogs, N.A e dos membros daqui. Tenho um irmao de 15 anos e ele le comigo todos os dias alguns artigos da real.

Sou muito grato a todos voces e espero que nao desanimem, pois apesar de nunca ter postado aqui por falta de tempo, eu ando salvando alguns paspalhos por ai.

Valeu, espero que o meu relato tenha servido pra alguma coisa e tenha contribuido para algo.

10 comentários:

  1. O que o verdadeiro não faz? Parabéns! O segredo está aí, não colocar a felicidade na mãos dos outros mas se preocupar com o desenvolvimento pessoal. Também um pai viril faz a diferença!

    ResponderExcluir
  2. Real nua e crua
    parabens rapaz
    somos muitos por ai e se Deus quiser enfiaremos nos CHIFRES no local certo nessas vadis

    ResponderExcluir
  3. Relato inspirador!
    Temos mesmo é que esquecer toda essa cultura mangina que nos empurram goela abaixo desde que nascemos e aprender a reconhecer nosso próprio valor!

    ResponderExcluir
  4. Relato inspirador!
    Temos mesmo é que esquecer toda essa cultura mangina que nos empurram goela abaixo desde que nascemos e aprender a reconhecer nosso próprio valor!

    ResponderExcluir
  5. Pena que descobri a real agora, com 30 anos... Se eu tivesse sabido dessas coisas mais cedo, tinha penado menos na vida. Mas nunca é tarde pra meter a real nessas vadias!

    ResponderExcluir
  6. Comecei a ler textos como esses aqui recentemente e me identifico muito, passei a minha adolescência inteira achando que a minha felicidade depende do fato de ter uma mulher ao meu lado, infelizmente por causa disso perdi muito tempo da minha vida.Finalmente aprendi a lição e cansei de ser o carinha legal que acredita que aquela vadia metida a gostosona pode vir a ser uma mulher de caráter e personalidade.

    Quero parabenizar a todos desse blog que conseguiram assim como eu abrir seus olhos e ver a realidade por traz de toda essa visão idiota que muitos de nós homens de honra temos.

    Um abraço a todos.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns irmão! Que bom que vc teve a sorte de encontrar a Real bem cedo. Vai se poupar de um monte de sofrimento. Queria eu ter tido essa oportunidade.

    ResponderExcluir
  8. Incrivel como nos relatos só mudam as moscas mas as merdas são sempre as mesmas... O homem bom, decente e aplicado é sempre visto como estepe, muleta emocional e trocado pelo vagabundo, cafajeste.
    Parabéns pela superação! Continue no caminho porque a real salva vidas!

    ResponderExcluir
  9. Relato extremamente inspirador.
    Ainda to nessa fase de transição,apesar de não ter tido nenhum relacionamento em minha vida.
    Espero que a real se espalhe cada vez mais.

    ResponderExcluir