A mulher e os elementos naturais

Por Dank

Existe uma bobagem mística, que compara a mulher com o elemento água, o elemento responsável pela criação da vida e bla bla bla.

A maioria dessas coisas místicas são puramente bobagens, mas nisso eu concordo. 
A mulher é sim a água, ela sim traz a vida.
Mas ela só faz isso se estimulada para tal! 


A mulher é como a água, não faz nada, fica inerte lá. Deseja que aconteça alguma coisa, mas não faz nada para que aconteça mais rápido. 
O simples fato de reclamar dessa situação foi dado á ela. Ela não desenvolveu nada.

Isso se extende a parte dos relacionamentos também.
Nas noitadas, elas se arrumam, se vestem sexualmente, mas ficam em grupinhos, fingindo que estão lá só para dançar. Estão lá para o sexo. Simples assim. Estão lá para serem queimadas por um fogo poderoso, e rejeitam qualquer coisa menos que isso. Rejeitam mas não o eliminam, melhor um foguinho baixo esquentando do que nada.

A esposa abusiva, é nada mais que uma água regada com muito áçucar, uma água estragada. Foi lhe dada muitos benefícios e agora não aceita menos que isso.

E o homem que elemento seria?

O homem é todos! O vento, o fogo, tudo essas porras ae!
O homem pode controlar a água do jeito que ele quiser, pode esquentar, pode esfriar, pode estragar.

Se há tanta água poluída por ae, de quem é a culpa?
Nossa! 

Porque superestimamos a mulher. Nos cegamos pelos seus frutos(trazidos depois de muito esforço) e demos benefícios inimagináveis para elas. Estragamos elas!

Deveríamos ter agido como os elementos. Se tá no meio, eu influencio, senão eu continuo vivendo.

Não adianta reclamar das mulheres atuais, nem tentar mudá-las. 

Apenas se desapegue-se dessa idéia, beba a água que for menos estragada para viver, e continue vivendo como um elemento natural, pouco se fudendo pro resto.

0 comentários:

Postar um comentário