A Matrix vai muito além das mulheres...

Caros e ilustres confrades da Real.


Desde que conheci a Real e passei a ler e discutir à respeito da Matrix,tenho reparado que na maioria das vezes se dá enfoque na mulheres como ponto central e principal.Mas,analisando de uma forma geral e lendo postagens de outros confrades em blogs/fóruns e comunidades,chego à conclusão de que a Matrix tem coisas muito piores de que mulheres e seus joguinhos sórdidos e satânicos.

Um bom exemplo disso se refere às amizades.Amigos,tal qual às mulheres,na grande maioria dos casos se relacionam contigo por conta de algum interesse,por mínimo que seja.Muitos vão estar ao seu lado conforme suas conveniências,não passa de um jogo de interesses,relações comparadas ao parasitismo.No meu caso,demorei para entender que eles eram interesseiros e falsos.Só depois que conheci a Real que passei a ver todos os tipos de relações humanas sem venda nos olhos. Só viam o lado deles, e sempre queriam competir comigo e me denegrir perante às mulheres e pessoas desconhecidas,para se passarem,de forma velada,como superiores à mim e ainda por cima se aproveitando do que tinha de bom para lhes oferecer,ou seja,abusando de minha boa vontade.

E digo mais.De uns tempos para cá parei de me iludir com amizades.Meus amigos de verdade mesmo são os meus pais,que sempre estiveram/estão ao meu lado,aconteça o que acontecer.
Me decepcionei com muita gente,por isso prefiro ficar na minha mesmo,no meu canto,tocando a minha vida e focando ainda mais no meu crescimento e desenvolvimento pessoal,que por sinal está cada dia melhor.

Dos seres humanos,nada mais me surpreende,cada dia que passa,mais o meu couro engrossa em questão de relações humanas.

Na verdade,no caso de mulheres,quando você se desilude com uma,será só mais uma apenas,uma mera namoradinha que logo mais a frente tu arruma outra ou pode ir à um puteiro.Mas no caso de amigos/parentes/colegas de trabalho uma traição/desilusão têm um peso muito maior,pois abrange áreas muito além das sentimentais.

Portanto,o melhor que devemos fazer é focar todos os nossos esforços em nós,se desenvolvendo e crescendo em todas as áreas de sua vida,não dando satisfação de seus planos à terceiros,sempre confiar desconfiando,sempre ter o pé atrás com as pessoas,aprender a viver sozinho e a se virar da melhor forma possível dentro deste contexto.Não se esqueçam que as pessoas vem,passam pelas nossas vidas e se vão e no final sempre você quem fica apenas.


Sem mais,

O Nobre Conde de Monte Cristo.

0 comentários:

Postar um comentário