A Verdadeira Personalidade da Mulher - Parte 3

Por Speed Racer


A verdade é que o papel do homem não ocupa uma posição de
destaque entre as fêmeas humanas. Diferente dos homens, elas não
desejam se entregar ardentemente ao primeiro que aparece e nem desejam
sexo intenso como supõem os incautos. Somente darão migalhas aos mais
fracos enquanto entregaram seus lindos corpos aos que para elas são
legítimos representantes de poder e destaque entre os demais. Logo, o
desejo sexual não é a força motriz do feminino, e sim uma farsa genuína.

A verdade é concreta e irrevogável, porém se tratando de mulheres as
coisas tomam tonalidades terríveis e pouco pode ser feito para mudar essa
realidade; a não ser aceitá-la, mas não passivamente. A realidade das
mulheres em termos de atração toma caminhos contrários à lógica racional,
pois são incapazes de raciocinar em prol da verdade, pois são movidas
pelos seus instintos mais baixos de aprisionamento, luxuria e prostituição.
Existe uma duplicidade de sentimentos em relação ao homem que
pode ser encarada simplesmente como um senso de escolha utilitário e
nunca de cunho racional. Como já disse antes, mulheres se deixam levar
pelos garanhões que só querem usá-las para o sexo, mesmo assim afirmam com veemência que preferem os bons e honestos, dos quais jamais se
entregariam completamente.

Realmente as mulheres “em parte” querem os homens honestos e
trabalhadores, porém a duplicidade de sentimentos as faz pecar contra suas
próprias convicções. Quando uma mulher diz querer os bonzinhos,
responsáveis e trabalhadores, os quer para a pior parte do relacionamento:
cuidar dos filhos, proteção, dinheiro, custear caprichos e outras vaidades,
mas sempre escolheram os promíscuos, irresponsáveis e cafajestes para o
sexo ardente e selvagem. Logo, a pior parte fica para os bons e a melhor
para os maus. Tal atitude irracional tem uma explicação. Mulheres são seres
extremamente irracionais e loucos por natureza. Não adianta questioná-las
ou pedir para que elas mudem porque você sempre será enganado, e se
alguma vez se achou no direito de questiona-las, minha sugestão é que
desista, porque acabará ficando louco. O mais coerente seria entendê-las a
fundo e ignorar todas as chances de manipulação vinda de nossas damas.
Isso pode parecer fácil no começo, mas exige muito mais trabalho do que
aparenta, e somente a morte do ego e do orgulho pode vencer essa terrível
tendência.

É difícil para as pessoas comuns aceitarem a realidade; a propaganda,
os filmes e a literatura, como também a televisão e a mídia em geral, têm
mostrado uma realidade fictícia sobre o relacionamento amoroso, mas ainda
existem exceções.
A maioria dos homens não conhece a natureza da atração e
acreditam piamente que qualquer verdade inventada é bem vinda, mas
muitos ainda sim, conseguem alcançar o objetivo. Mas então, o que
realmente gera atração nas mulheres? Essa é uma pergunta que me foi feita
muitas vezes por mim mesmo.
Devidas algumas frustrações e estudos que tenho feito com nossas
damas e irrevogável experiência no assunto aprendi com o tempo que
mulheres não são em absoluto seres delicados, muito menos devem ser
vistos como “prêmios”, e que temos o direito de desfrutá-las completamente.
Porém o psiquismo feminino é uma arma poderosíssima que poucos
conseguem resistir, mas que é algo inerente delas e precisa ser debatido.

Como homem, sei que a maioria quer transar com mulheres lindas,
mas ao mesmo tempo, não conseguem enxergar como são ridículos e
fracassados. Alguns são tímidos, outros são estúpidos, burros e infantis;
felizmente essa não é a maior fraqueza dos homens.

Mulheres jamais olhariam para homens assim; porém o fraco intelecto
e limitado senso de racionalidade, como também a frágil inteligência faz que
elas caiam no conto do vigário e qualquer ostentação minimamente
convincente é o suficiente para classificar qualquer retardado como um
macho superior.
Eu sei como é irritante e incomodo chegar num lugar e não ser notado.
No fim elas não nos desejam e acham que todos os homens que não
transam com freqüência são bestas de carga inúteis e fracassados. Uma
mulher só te dará valor se você mesmo se der valor, no entanto o paradigma
já está criado e o homem cai novamente em uma armadilha fugaz.

Essa é a REAL sobre as mulheres:

FIM!

1 comentários:

  1. Excelente texto. Faço psicologia, e a maioria lá são mulheres, tanto professores quanto alunos. O Brasil jamais permitirá em tempos atuais, que essa verdade seja dita ou pesquisada. Triste ver uma ciência transformada em idealismo sem lógica. Ainda mais com tantos evangélicos indo para psicologia; eles, que são os reis da mentira e manipulação.

    ResponderExcluir