Moldando novos guerreiros

Por Capitão Nascimento



Boa noite senhores!!! nesses ultimos meses tem se falado muito sobre a "divilgação da real", já fizeram videos, estão escrevendo um livro, tem o canal do búfalo aonde são traduzidos exelentes videos estrangeiros e não podemos esquecer do blog do Silvio, reflexões masculinas, Nessahan Alita e etc... como dá para perceber existem milhões de maneiras de espalhar a real, o sujeito só não sai da "matrix" se ele não quiser... e esse é outro assunto muito discutido aqui, até que ponto devemos "espalhar a real"? é mesmo necessario espalhar a real? ou o individou tem obrigação de encontrar o caminho sozinho? refletindo sobre isso cheguei a seguinte conclusão: a "real" ou "a verdade" ou "a pilula vermelha" ou seja lá qual for o nome, tem sim que ser espalhada, ai entra outra questão, qual é a melhor forma de fazer isso? na marra? conversando? atravez de videos? blogs? forum? livros? sim, todas essas opções juntas são exelentes meios de convencer os homens de que eles estão no caminho contrario da natureza, que o que ele aprendeu em casa com seus pais, professores e televisão esta errado, mas nota-se que isso é apenas paleativo, nós estamos tentando tapar buracos de 1km de distancia com as palmas da mão, isso nunca vai dar certo se não atingir o mal na sua raiz, bom... agora vou entrar no assunto que eu vim falar.

Agora pouco ligou um amigo e me convidou para fazer um trabalho comunitário no morro Santa Marta, especificamente ensinar jiu-jitsu a gorotos carentes, eu achei a ideia otima, para mim arte marciais é fundamental na vida de qualquer ser humano(isso inclue mulheres tambem), ter a chance de mudar o destino dessas crianças é maravilhoso.

Pensando nisso eu cheguei a seguinte conclusão: A formaçâo de um jovem vem na infancia certo? eles aprendem mais rapido e assimilam melhor que um adulto(principalmente crianças de hoje em dia) o nosso objetivo é ajudar o maior numero de homens possiveis, né? seguindo nesse raciocinio... não seria melhor então ao invés salvar homens, tentar criar uma nova sociedade que valorize honra, respeito e cidadania? não seria muito mais eficais previnir a doença do que tentar combate-la?

O que venho propor aos senhores é que cada um de vocês procure um trabalho comunitário como esse, não precisa ser relacionado a arte marciais, se você for bom em desenho, arte plastica, educação fisica, arte cenicas, mecânica, informatica e etc... não importa o importante é fazer a diferença na vida de uma criança.

O ideal é você ter contato com o maximo de crianças possiveis, mas se você não tem tempo para fazer esses trabalhos, tudo bem... aposto que você conhece alguma criança, certo? sobrinho, priminho e etc... aproveite cada tempo que tiver com eles para propagar a "real", ensinar os valores de um homem de verdade, ter honra, respeito, educação e etc... eu sei que parece obvio mas muita gente esquece, talvez por achar que não vai fazer a diferença ou por pura preguiça mesmo.

Não perca muito tempo discutindo com adultos (homem e mulher) para eles... a real esta ai, espalhada em todos os cantos, basta ter um pouquinho de boa vontande.

É isso ai galera, desculpa se ficou muito grande o texto, mas acho que esse assunto é de extrema importancia, só para fechar queria lembrar que o aprendizado em lidar com as mulheres é só um dos processos para se tornar homens de verdade, assim como proteger os mais fracos e ldera-los tambem é.

4 comentários:

  1. Esse é o tipo de texto que enche uma pessoa de orgulho, após lido.
    Essa é uma idéia genial que nos levará a algum lugar, ou melhor, levará a sociedade a um lugar melhor do que ela tende e ir no ritmo em que estamos.

    ResponderExcluir
  2. "O aprendizado em lidar com as mulheres é só um dos processos para se tornar homem de verdade, assim como proteger os mais fracos e liderá-los também é."

    Ótimo texto!

    ResponderExcluir
  3. Esse é o tipo de texto que enche uma pessoa de orgulho, após lido.
    Essa é uma idéia genial que nos levará a algum lugar, ou melhor, levará a sociedade a um lugar melhor do que ela tende e ir no ritmo em que estamos.

    ResponderExcluir
  4. Excelente texto, parabéns. :)

    ResponderExcluir