O que eu fiz de errado?

Por Carvalho


Você enfrentou a timidez, perguntou o nome dela e pegou um contato. Ligou e cumpriu a promessa de procurá-la. Marcou um encontro, foi, pagou a conta, a conversa foi boa, risos, elogios e tudo mais. Depois pôde até ter rolado algo a mais, mas muito provavelmente não aconteceu nada. Se aconteceu, você se empolgou e engatou algo mais sério, um relacionamento, para mostrar que dava valor e queria algo a mais.


Aceitação mútua e relacionamento iniciando. Tudo começou bem. Você estava seguindo o manual corretamente. Fazia elogios. Comprava presentes, era romântico, carinhoso no ato sexual. você valorizava a suposta personalidade e inteligência dela e fazia questão de mostrar que não estava interessado apenas em seu corpo.

Tratou-a como um Dama. Afinal de contas, ela merecia (ou não?). Apresentou para seus pais, foi até os pais dela e foi também apresentado.

Tudo certo e tudo muito bom, até que certo momento, tudo desanda. Já não há mais reciprocidade. Você se doa, se entrega, tenta melhorar as coisas, e só você faz isso. Você se culpa e se pune por um erro que nem sabe se foi seu, nem sabe se houve mesmo um erro.

Você se desdobra em dois e melhora sua parte dez vezes mais, mas não há retorno. É como uma crise financeira, onde os bancos quebram, os governos injetam bilhões mas mesmo assim a economia não se recupera.

E o que acontece em seguida?

Ela rompe o relacionamento. Ela diz que precisa de um tempo, ou que cometeu um engano, ou que não era esse o momento de ter algo sério, que precisa "aproveitar mais a vida".

Você fica sem entender nada. Talvez tudo seja um engano dela. Corre desesperadamente atrás dela. Afinal você já viu isso nos filmes, o protagonista sai correndo atrás, faz juras e demonstrações de amor e consegue de volta sua amada.

Mas isso não aconteceu na vida real. Quanto mais você corre atrás dela, mais ela acelera o passo e foge de você.

Então você, sem entender nada, procura ajuda de amigos, familiares, pessoas próximas para dar conselhos.

A maioria dos conselhos é para que você não desista. Dizem que você desistiu rápido demais e quando se ama, não se pode desistir - mas você não correu atrás? não deu mais de uma chance?

Dizem que você precisava ter perdoado e sido mais solidário - mas você não pediu desculpas por erros que não eram seus? não perdoou os erros dela? não ofereceu ajuda a ela quando você precisava de ajuda?

Dizem que talvez você tenha procurado a pessoa errada no lugar errado - mas como assim? quem é a "pessoa certa"? existe uma "pessoa certa"? Você não foi em uma boate, ou em uma esquina, afinal você não a conheceu em um bom lugar? Como assim você procurou no "lugar errado"?

Dizem talvez que você não tenha suprido todas as necessidades dela, então ela ficou insatisfeita e foi procurar alguém melhor - como assim? você não a ajudou emocional, financeira e fisicamente? não proporcionou melhorias na vida dela? E
como assim as necessidades dela? não era você quem estava frágil e carente?

E como assim "alguém melhor"? você era ruim? você teria que ser perfeito, então?

Você começa a achar que realmente não era bom o suficiente para ela.

Começa a achar que realmente a culpa e os defeitos foram seus. E você aceita essa culpa, quando você é quem é o inocente.


Depois de um tempo, você a revê, ela está acompanhada de um outro homem - enquanto você ficou constrangido demais para tentar outro relacionamento ou simplesmente tocar a vida em frente - que aparentemente é inferior a você.

Ele é um sujeito malandro, o cafageste do bairro, não tem as mesmas qualidades que você. Ele a trata como uma vadia, ele não se importa com ela, não é carinhoso. Ele na verdade tem uma postura de desdém. Mas ela é fixada nele. Você percebe que ela o segue, o obedece, e faz com ele tudo que relutava em fazer com você.

Então o que houve de errado? se ela terminou com você, ela não deveria ter procurado alguém "melhor"? por que se envolveu com alguém que não era a metade do ser humano que você é?

Obviamente você percebe que ele é mais forte, mais rico e menos carinhoso do que você. E mais nada.

Então você percebe que a culpa não era sua, o erro não era seu, e você não foi uma pessoa ruim, você não era a merda que os outros o faziam achar que era, você não era a merda que achava que era.

Saiu da depressão, da tristeza, e voltou às coisas boas da vida. Mas ainda faltavam respostas.

E então, por sorte, acaso, destino ou coincidência, você descobre a realidade, as coisas verdadeiras, a "Real".

Então você descobre que errou sim, mas não com ela. Você errou consigo mesmo. Agora você vai corrigir seus erros, e isso vai ser todo dia. Mas não mais com aquela culpa, desânimo ou tristeza, e sim com o ânimo, garra e força para melhroar a cada dia mais, para você mesmo.

Assim nasce um Guerreiro da Real.

17 comentários:

  1. já passei por isso a 2 anos atraz. e a pessoa ainda me culpou por não ter conhecido o pai dela. ai passei por isso de novo ano passado, e começo desse ano comecei a querer procurar por respostas e estou aqui. Mudei muito meu carater e tudo que li sempre foi o que eu achei, relacionamentos em segundo plano, primeiro minha familia, amigos e claro eu mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Tenta ser viado...com mulher você não tem muito jeito.

    ResponderExcluir
  3. Deveria existir uma real para mulheres também. Sabe qual é o grande problema?
    Homens desiludidos como esse aí de cima desiludem mulheres que ao serem desiludidas passam a desiludir outros homens, enfim uma cagada. 

    ResponderExcluir
  4. Luis Miguel Reguera16 de outubro de 2011 03:21

    Clara tentativa de humilhação direta. As vadias são do jeito que são pq os homens é que "não tem muito jeito com elas", e não pq são filhas da puta mesmo.

    ResponderExcluir
  5. Luis Miguel Reguera16 de outubro de 2011 03:23

    De fato, o cara da narrativa é exatamente um coitado iludido pela grande MENTIRA que é a postura "certinha" das mulheres, mas que acordou para a Real.

    ResponderExcluir
  6. te amooo! vc é um MESTRE irmão

    ResponderExcluir
  7. Terminei com minha ex que tinha um passado terrivel de aguentar, ate cocaina e orgias tinha e ela tinha 18.
    Agora, conheci uma menina concursada, super bacana, que namorou só, e só transou com namorado.
    POREM... eu fiquei sabendo que ela engolia o esperma do EX e ainda q o cara tinha o pau torto...
    EU NAO to conseguindo lidar com isso (sei que é besteira minha pq ela é confiável), mas não sei oq fazer com as imagens mentais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chuta que é macumba irmao. Esse tipo de mulher não serve para homens de boa indole

      Excluir
  8. RODADA SO PRESTA O RABO AI ARROMBA JOGA FORA.MULHER RODADA NÃO PRESTA PRA ROLAR UM SENTIMENTO,APENAS ORGIA

    ResponderExcluir